JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 18 de janeiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Problemas

Ao ensejo da passagem do ano dizia o filho ao pai: Vou orar para que no Ano-Novo eu não tenha mais problemas

11/01/2020 - 00:00:00. - Por Ricardo Cavalcante Motta

Ao ensejo da passagem do ano dizia o filho ao pai: "Vou orar para que no Ano-Novo eu não tenha mais problemas." Resignado plenamente pelos cabelos brancos, advertiu o pai: "Quisera ter compreendido antes filho mas,... não perca tempo em postular o impossível, a não ser que esteja pretendendo a própria morte. Afinal, tenha consciência, não existe vida sem problemas. A vida é resolver problemas que se sucedem constantemente, dos mais singelos aos mais graves. A vida é a lição de casa da física universal para solução de dificuldades. Somente os mortos não têm esses problemas terrenos, é o que me parece. Então, serenamente, advirto, rogue para que possa resolver bem seus problemas, para que possa suportá-los, até entendê-los, superá-los ou mesmo conviver com eles, porque alguns podem ser crônicos. Peça para ter força de dirimir os problemas. É  certeza que dia a dia novos problemas surgirão após solução de algum. Isso numa evolução constante de quem vai progredindo na escola, ou na escala da vida. Cuide também para que não se envolva no viver vulgar ao ponto de procurar os problemas, buscá-los com as próprias mãos ou ir ao encontro deles numa atuação dispensável ao seu desenvolvimento, acumulando peso extraordinário aos seus próprios e verdadeiros embargos que já surgirão por si. Não eleve a dimensão das dificuldades por indisposição de resolvê-los, só prosseguirá após solução. Há quem transforme ínfimos obstáculos em tremenda dificuldade, mas há aqueles que conseguem suportar e superar enormes barreiras com a  grandeza dos iluminados. A questão é que problemas pequenos surgem constantemente e sucessivamente, então a vida de quem diante deles se acovarda e recua torna-se um tormento perpétuo. Assuma com modéstia sua condição humana de aprendiz para dar saída aos problemas e então reitere em oração o seu pedido de luz para resolver problemas. Não seja daqueles, tão envolvido com o peso do enfado, que reclama até do cantar dos pássaros, do cacarejo do galo, do soar da cachoeira, do vento ou da brisa, do aroma da flor...como incômodo irritante. Quando eventualmente surja algum breve estorvo não o eleve à condição de problema, decifre. Neste caso basta trivial providência de desvio, não o condoído lamento negativo do fraco que se vitima, que sempre quer abrigo sem impulso de construção. Finalmente, reconheça que há problemas sem solução, para absorver a resposta correta na lógica do que não tem remédio, remediado está, sem perder-se no sofrimento insolúvel. Compreender isso eventualmente é a própria solução do enigma. Portanto, rogue a Deus para que tenha força capaz de enfrentar e resolver os problemas... e  tenha assim um Feliz Ano-Novo!".

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia