JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 18 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Moral lavada a sangue

Ave Maria! Santa Maria! Bendita Maria! Que tamanho o nosso amor por Maria!

22/08/2019 - 00:00:00. - Por Ani e Iná

Ave Maria! Santa Maria! Bendita Maria! 

Que tamanho o nosso amor por Maria! Uma referência para nós, mães e mulheres.

Marias estão sendo assassinadas!

No princípio Deus criou o Céu e a Terra; criou o homem e a mulher para que juntos constituíssem uma família.

Temos uma série de Marias sendo assassinadas pelos seus parceiros, companheiros, maridos. O pior é que muitas vezes estes homicidas se tornam os mocinhos e as Marias, as vilãs.

Minha moral foi lavada!

Bendita sois vós entre as mulheres!

Quando um homem assassina sua mulher ou ex-mulher, mãe de seus filhos, ele está pensando em si mesmo, quer resultado imediato em prazer instantâneo. Seu ego demanda lágrimas!

Homens não matam por amor, matam porque odeiam as mulheres.

Vou matar minha mulher porque ela me pertence e, se ela me pertence, eu posso fazer o que quiser com ela.

Destrói os filhos e toda a família da vítima junto. Dor eterna.

Bendito é o fruto do vosso ventre! (filhos órfãos).

A união, o casamento, muita festa, muito barulho, juras de amor eterno, até que a morte nos separe... fidelidade...

O que é fidelidade? É o que sempre perguntamos. É a dança da alegria, é a correspondência, é o que tem de mais bonito e profundo, é ser fiel. A falta do diálogo é o antifluxo da fidelidade. Tudo fica frio, falso, sem vitalidade, vem a separação dos corpos. E o ego?!

O homem é o chefe da casa. 

Vale a pena lembrar a modelo Luiza Brunet, casada com um dos "senhores da terra", um chefe absoluto, que a espancou. Agiu por violenta emoção. O "bom" pai, com o divórcio atravessado na garganta, em um momento cheio de raiva, procura a ex, perde a cabeça e acaba matando.

As mulheres são mortas pelos companheiros porque dizem não para alguma coisa em que eles queriam ouvir sim.

Santa Maria! Mãe de Deus!

Caminhar juntos é desafiador pela rotina, pelo ritmo veloz do nosso tempo, pelos modelos de perfeição que inundam nosso olhar.

Mas por que fomos criados com este egoísmo intrínseco?

Santa Maria! Rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém!

Dois beijos... 

(*) aninauberaba@gmail.com
gemeasnaina@hotmail.com

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia