JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Tecnologia ajuda pais na proteção de crianças e adolescentes

23/07/2019 - 15:13:31. - Por Jeniffer Elaina Última atualização: 23/07/2019 - 15:30:48.

A preocupação com a segurança e bem-estar dos filhos é algo que não sai da cabeça dos pais. A cada etapa da vida, as preocupações são diferentes, mas ainda existem.

A tecnologia está presente em nosso dia a dia, trazendo soluções para nossos problemas e deixando a vida um pouco mais fácil. E era natural que a preocupação dos pais com os filhos virasse um problema a ser solucionado, ou pelo menos reduzido, graças à tecnologia.

Uma das soluções para os pais preocupados vem ganhando cada vez mais adeptos: os aplicativos de controle parental.

Fotos/Pixabay

App de controle parental: segurança na internet e no mundo real

Permitir que os filhos utilizem a internet é abrir uma porta que possibilita muitas coisas boas, mas traz consigo muitos perigos. Tanto o mundo virtual quanto o mundo real, trazem ameaças à segurança e bem-estar dos filhos a todo momento.

Os aplicativos de controle parental oferecem uma diversidade de recursos para manter as crianças seguras, dentro e fora das telinhas. Com recursos indicados tanto para monitorar os pequenos até os adolescentes, podendo ser instalado no relógio GPS, tablet e celular de seus filhos, prezando para que estejam sempre seguros.

Um dos recursos mais procurados nestes aplicativos é o monitoramento de localização, muito útil para saber aonde seu filho está a todo momento. É possível criar um limite geográfico imaginário, que emite alertas quando seu filho sai ou entra esse perímetro, registrando um histórico de localização detalhado.

Pensando nos pequenos, os aplicativos contêm botão SOS que emite um alerta automático no celular do pai, para comunicar-se com a criança ou até ouvir o que está acontecendo ao redor dele. Caso o filho não atenda o celular, o aplicativo pode emitir um alerta sonoro alto indicando que entre em contato com seu pai, mesmo se o celular estiver no silencioso.

Já pensando nas crianças mais velhas e, principalmente, nos adolescentes, os aplicativos monitoram toda a atividade do dispositivo, podendo visualizar mensagens, chamadas, redes sociais, páginas visitadas, além de mídias enviadas e recebidas. Os pais também conseguem filtrar o que seus filhos visitam na internet, bloqueando páginas com conteúdo impróprio, adulto ou qualquer conteúdo que desejam vetar o acesso.

Além de monitorar o que os filhos estão fazendo no dispositivo, existem recursos para controlar o uso dessas tecnologias, promovendo um uso saudável. É possível estabelecer um limite de horário, em que os aplicativos são bloqueados após o horário estabelecido, ou até bloquear o dispositivo todo. 

Assunto ainda divide opiniões

Embora tenha uma parcela de pessoas que acha que esse tipo de aplicativo é invasivo à vida e privacidade dos filhos, outros asseguram que qualquer coisa é válida ao proteger o bem-estar de seu filho.

É sempre bom ressaltar que antes de instalar um aplicativo de controle parental, é importante conversar com a criança, para estabelecer uma relação de confiança. Principalmente com os adolescentes, a conversa é extremamente importante e necessária para que os pais encontrem um meio termo entre a segurança e a privacidade de seus filhos, para que eles se sintam respeitados e bem cuidados.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia