JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 21 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

A bula da atualidade

Atenção, contém muita ironia. O excesso pode ser viciante. Já faz um tempo que não é preciso estudar para virar juiz

18/07/2019 - 00:00:00. - Por Julia Castello Goulart

Atenção, contém muita ironia. O excesso pode ser viciante. Já faz um tempo que não é preciso estudar para virar juiz. Não é preciso conhecer as punições e muito menos as leis que regem o nosso país. Você não sabia? Pois é. É tudo na base da opinião mesmo. Dados, frases e depoimentos são compartilhados, sem saber a fonte. O que importa é se você concorda. 

Dados, pesquisas científicas, estudos com comprovações não fazem a mínima diferença. É só argumentar que é ideológico, que tudo fica altamente questionável. Sabe a teoria do heliocentrismo? Bobagem, volta-se no tempo e confirma-se que a terra que é o centro de tudo, e sim, olha que bobos, nós que acreditamos nesta mentira por tanto tempo, a terra é plana! Hitler era comunista e, claro, ainda estamos sob esta ameaça, desde que Goulart assumiu a Presidência da República.

Para que estudar, se você pode ter outras pessoas para fazer isto, ou melhor, o Google para fazer isso por você. Na verdade, para que perder tempo lendo? É só ver e ouvir vídeos no Youtube de sábios e filósofos sem teorias, sobre como ficar milionário no dia seguinte. Nada precisa ser questionado ou duvidado. Você só precisa se manter na sua bolha social, onde você só conversa com pessoas que têm a mesma opinião que você. Tudo seria muito mais fácil, você não acha? Democracia, regime que se lutou tanto tempo para se conquistar é um plano de dominação. O bom mesmo é ser governado por uma figura que faz suas próprias leis. Ou melhor, ainda, é nem ter Estado. Somos todas pessoas educadas, civilizadas, para que precisamos de um pai tendo que colocar ordem na bagunça da casa?

Essa geração é muito mi-mi-mi. Tudo é politicamente correto! A geração boa é das antigas mesmo, onde não se tinha liberdade de nada, ainda mais na sua vida privada, com quem você deixa de se relacionar ou não. A comédia foi a mais afetada. Quanto tempo não se escuta uma piada inocente de negro, de loira, de mulher? Mulher, outra coisa que ficou complicada. Quer ter direitos iguais, ter filhos quando bem entenderem, ou mesmo escolherem não ter filho nenhum. Não se faz mais mulheres como antigamente! Caso Neymar ou conversas vazadas de Moro, não é preciso nem passar por perícia. Nós, povo, já decretamos nosso veredito. Já julgamos o caso. 

Se você concordou com alguns dos apontamentos listados aqui em cima, amigo, este ano definitivamente é seu ano! Para o tratamento, sugiro ficar um tempo longe das redes sociais e ver o mundo. O mundo é muito maior que nossas opiniões.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia