JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 20 de outubro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Covid em Uberaba: uma despesa de R$ 220 milhões para a Saúde

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

18/09/2021 - 18:20:33. - Por Wellington Cardoso Última atualização: 18/09/2021 - 18:21:01.

Novamente preso
Colocado em liberdade há um mês em razão de petição do advogado uberabense Adriano Salge em sua defesa, o também advogado Raimundo José dos Reis Silva voltou a ser preso neste fim de semana.
 
Preventiva
Ele está condenado a 28 anos de prisão pelo juiz federal Élcio Arruda, acusado de 14 condutas delitivas. E foi o próprio magistrado quem voltou a decretar a sua prisão, agora preventiva, a requerimento do procurador da República Thales Cardoso.
 
Quando custou
Até o último dia de agosto deste ano, a pandemia tinha custado R$ 219 milhões 917 mil 572 à Secretaria Municipal de Saúde. Em recursos próprios, a Prefeitura investiu R$ 131 milhões 575 mil 151.
 
Repasses
O município gastou mais dinheiro para preparar o sistema de saúde e proporcionar atendimento aos pacientes do que a União e o Estado juntos. E Minas perde longe para o Governo Federal. São R$ 17,4 milhões do Estado contra R$ 68,1 milhões de Brasília.
 
Coordenação
Ex-secretária-adjunta da Secretaria de Saúde diz com todas as letras que não foi a coordenadora do processo de vacinação enquanto estava no Governo.
 
Sem cargo
A médica Fabiana Prado, que não é investigada, afirma que uma comissão cuidava da vacinação e que era apenas uma integrante desse grupo de trabalho, sem cargo formal. Comissão de Vacinação que indicou ter sido criada por sugestão sua ao secretário Sétimo.

Em andamento
Naquele momento, explicou à CP, o processo de vacinação estava em andamento, iniciado antes mesmo da sua posse como secretária-adjunta. E reforçou que ao ser iniciado,  não havia plano detalhado nem coordenação.
 
Linha de frente
A ex-secretária interina da SMS Juliana Ribeiro, substituída por Sétimo Bóscolo ainda em janeiro, assegurou à CP a legalidade da vacinação do pessoal administrativo dos serviços de saúde.
 
Decisão de cima
O Plano Nacional de Imunização, seguido pela Prefeitura, não impunha a vacinação apenas dos profissionais que foram chamados de “linha de frente” no atendimento às vítimas da Covid-19. Isso elimina muitos nomes da lista de “irregulares” apontados pela CEI.
 
Com Bolsonaro
Muitos integrantes do PSD, em Brasília e nos Estados, estão discordando do posicionamento do presidente Kassab em sua aproximação com Lula, de olho nas eleições de 2022. 
 
Uberabense
Entre os incomodados está o ex-deputado Marcos Montes, secretário-executivo no Ministério da Agricultura, e que poderá se tornar ministro com a desincompatibilização da titular da pasta, Tereza Cristina.
 
Reação
Denúncia de produtor rural de Uberaba, responsabilizando também a cana pela redução das águas no município, provocou reação da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais.
 
Seca
Sem entrar diretamente nessa discussão, a associação cita que Minas e a região Centro-Sul enfrentam uma das piores secas da sua história com redução do volume de água em barragens, aumento da energia, paralisações de irrigação. “E não apenas Uberaba” – pontua.
 
Abastecimento
E alerta que o abastecimento de água de Uberaba não pode depender exclusivamente do rio Uberaba: “É bastante preocupante a situação do município, se não buscar outros corpos d’água”.
 
Desmatamento
Presidente Mário Campos procura isentar a cana como causadora de desmatamentos, comprometendo o equilíbrio do meio ambiente. Segundo ele, qualquer tipo de desmatamento que possa ter ocorrido “foi anterior à introdução da cana-de-açúcar na região”.

Benefício
Para ele, a cana, ao contrário, recuperou áreas degradadas, utilizando práticas agronômicas de conservação do solo e proteção de APPs, contribuindo para a perenização de córregos e nascentes. E ressalta que todo o plantio possui regularização ambiental.

Prejuízos
Presidente da SIAMIG finaliza frisando que a cana tem sido vítima de incêndios criminosos e inconseqüentes, que impõem pesados prejuízos, destruindo áreas de brotação e colheitas. “E ainda queimam equipamentos e máquinas”.
 
Água
Para o ex-secretário, vice-prefeito e presidente da CODAU José Elias Miziara, uma das soluções para o abastecimento de água em Uberaba são os chamados poços profundos (600 metros). Cada um deles, que abasteceria uma região, custaria cerca de R$ 7 milhões.
 
Prainha
Mesmo não sendo uma solução definitiva, o engenheiro defende a barragem da Prainha, que, segundo ele, já deveria estar pronta.  Problemas de ordem técnica se resolve com estudos técnicos – frisou.
 
Estudos
José Elias disse ao “Pingo no J” (Rádio JM) não conhecer o estudo que dizem existir desde 2001, mas afirma que a captação no rio Grande foi discutida no segundo mandato de Hugo Rodrigues da Cunha. 
 
Uma fortuna
O levantamento, feito por empresa especializada, indicou à época (há três décadas) a necessidade de 40 milhões de dólares em equipamentos. E fez também referências aos custos da energia elétrica e do tratamento da água.
 
Fusão
Lideranças do DEM e do PSL discutem em Brasília a fusão das duas siglas já para as eleições de 2022. Ao que tudo indica, o nome Democratas será mantido. Em Uberaba, Luiz Guaritá lidera o DEM e o deputado Heli Grilo o PSL, pelo qual se elegeu.
 
Mudança na Sky
A partir de outubro, os assinantes da Sky (TV paga) poderão usar a DirecTV GO. É que o Sky play será desligado em data a ser definida, ficando indisponível para tablet, celular, smarTV e computadores. O acesso à DirecTV será com o mesmo login usado para o Sky, e os assinantes terão à disposição mais de 70 canais de TV ao vivo contra os atuais 53.
 
Pauta única
Contando com o reforço do superintendente do Shopping Uberaba, Guilherme Vila, várias representações do empresariado está se juntando para a elaboração de uma pauta única de reivindicações nas três esferas governamentais. ACIU, CDL, Sindicomércio, Associação dos Lojistas do Shopping, Fecomércio de Minas participaram de um primeiro encontro com esse objetivo.
 
Incentivos
O segmento lojista e de serviços se considera injustiçado pelos governantes. Gera dois de cada três empregos do País, mas não conta com incentivos federais, estaduais e municipais.
 
Troca de pastas
Estão sacramentadas novas mudanças no 1º escalão da Prefeitura, que incluem a exoneração do presidente da FUNEL, Edgard Silva Júnior. O advogado Caio Pressoto passa a ser o chefe de Gabinete e Delvanira dos Reis Pires a assessora para Assuntos Regionais (cargo que tem status de secretário).
 
Questão de perfis
A inversão de postos entre Pressoto e Delvanira resulta do perfil de cada um. O advogado é mais técnico, enquanto a ex-diretora da FIEMG é mais política. Disse a prefeita Elisa à coluna que ambos são da sua mais absoluta confiança, e que o perfil de Delvanira é mais apropriado para a desejada movimentação regional do Governo.
 
Hélio Angotti
Em mais uma ação do deputado Aelton Freitas, o Governo Federal liberou R$ 1,5 milhão para o Hospital Hélio Angotti adquirir mamógrafo.
 
Lição
Hoje, os ensinamentos do professor de Física Eber Chaban é sobre telescópios.
 
Telescópios cada vez mais potentes. Pra que?
 
A história dos grandes telescópios praticamente começou com o Hubble, lançado em 1990. Uma capacidade de aumento fantástica, uma definição magnífica fez, e ainda faz, imagens que nos deixam de boca aberta. Ele é nosso velho conhecido mas, é apenas o primeiro de uma longa lista de nomes que nem sabemos pronunciar, Spitzer, Corot, Herschel, Wmap etc. Todos eles em uma tentativa de enxergarmos cada vez mais longe. 
A questão é: Para que?
Nosso universo é bastante homogêneo, as galáxias de nossa vizinhança são muito semelhantes a outras mais distantes, então, para que esta curiosidade de ver sempre mais longe?
É que olhando para longe, estamos vendo o passado.
 As ondas eletromagnéticas, à semelhança da luz, se propagam no vácuo com velocidade de 300.000km/s. Parece muito para nossas pequenas distâncias aqui em nosso planetinha, entretanto quando se fala de estrelas, é quase nada. A estrela mais próxima do Sol, a Próxima Centauri, está a uma distância de 4 anos luz, ou seja, a luz dela leva 4 anos para nos alcançar. Quando olhamos para ela, estamos vendo luz emitida há quatro anos. Conclusão, nós a estamos vendo como era a quatro anos atrás. 
A ciência quer muito descobrir como foi a origem do universo, sabemos que ele surgiu a 13,8 bilhões de anos, sabemos também que os objetos mais distantes já vistos por nossos telescópios estão a uma distância de 13,4 bilhões de anos luz.  Fazendo uma continha, concluímos que estamos vendo algo situado a 13,4 bilhões de anos no passado.
Vemos algo que aconteceu a apenas 0,4 bilhões de anos de quando o universo surgiu. 
Quanto mais distante, mais do passado pode ser visto.
Descobrir as origens do universo. Vale ou não a pena tanto investimento?

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia