JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 24 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Conferência revela estudo para a criação da Casa do Professor

Local seria centro de formação, conforme Silvana Elias ao avaliar que o principal eixo de discussão foi a valorização profissional

- Por Mára Santos Última atualização: 13/07/2013 - 01:06:33.

Conferência Intermunicipal de Educação reuniu em Uberaba representantes de 24 dos 29 municípios da região. O principal eixo do encontro foi a valorização do profissional da Educação. Paralelo a este ponto, o governo municipal estuda a criação da Casa do Professor. A informação é da titular da pasta em Uberaba, Silvana Elias.

Segundo ela, a realização desta Conferência Intermunicipal é um momento histórico para os municípios que compõem o Vale do Rio Grande. “Através deste encontro vamos trabalhar a construção do Plano Nacional na lógica do Sistema Nacional de Educação, envolvendo todo o cenário da educação brasileira, desde o controle social, com participação dos conselhos, valorização profissional, desigualdade social, inclusão, enfim, todos os aspectos que permeiam a educação brasileira”, salientou a secretária.

Na opinião de Silvana Elias, o principal destaque do encontro foi o tema envolvendo a valorização do profissional. Segundo ela, apesar de existir uma ampla discussão em relação ao piso salarial, entende que valorizar o profissional é muito mais que pagar o recomendado por lei. “Um piso de R$1.567 por 40 horas é uma discussão que precisa ser pautada sempre. Nós temos décadas de desvalorização do profissional e precisamos resgatar a credibilidade dele, valorizando-o efetivamente”, ressaltou. Silvana Elias acredita que mais de 300 pessoas tenham participado do encontro. “Com esta participação maciça, a gente espera construir uma rede em função de uma educação de qualidade”, reforçou.

A notícia sobre a criação de uma casa de apoio ao profissional da Educação foi revelada em primeira mão pela secretária ao Jornal da Manhã. De acordo com ela, o município ainda depende apenas de alguns ajustes financeiros para executar o projeto, que funcionará como um centro de referência de formação dos educadores de Uberaba e região.

Presente à conferência, a assessora metodológica e moderadora da Confederação Nacional de Educação em Minas (Conae-MG), Evely Raimunda, concordou com o posicionamento da secretária de Educação em Uberaba. “É o eixo de maior discussão em todas as localidades onde a conferência é realizada. Na verdade, é o ponto que mais tem nos preocupado, a regularização da valorização de verdade”, acrescentou a assessora.

Os delegados eleitos nos dois dias de trabalho em duas conferências seguirão agora para uma macroconferência regional em Uberlândia, levando na bagagem os problemas e sugestões levantadas nas oficinas de Uberaba, de onde sairá outro documento para o encontro estadual, em Belo Horizonte, em novembro deste ano, e, posteriormente, o resultado do Estado de Minas Gerais para a Conferência Nacional de Educação – Conae 2014. As conferências preparatórias, como a de Uberaba, foram iniciadas a partir de novembro de 2012, com a proposta de garantir, conforme material metodológico do MEC, a participação de todos que se interessam em promover a educação de qualidade em todo o país.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia