JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 31 de outubro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Professores da UFTM aprovam indicativo de greve para o dia 3

Com a orientação do sindicato nacional da categoria para deliberar pela paralisação a partir do dia 9, docentes da UFTM decidiram antecipar a data para a próxima quinta-feira (3)

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WatsApp: 34 99777-7900

- Por Letícia Morais Última atualização: 29/10/2016 - 09:50:53.


Foto/Divulgação

Assembleia dos professores em que decidiram pela deflagração de greve a partir do dia 3 de novembro

Integrantes da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (Aduftm) decidiram pela deflagração da greve geral a partir da próxima quinta-feira (3). A informação da diretoria da associação é de que 130 docentes participaram da assembleia.

Nesta primeira assembleia, a diretora da Aduftm Valéria Roque disse à reportagem que os docentes analisaram a atual conjuntura do país. “A votação determinou pelo apoio e adesão à greve”, afirmou. Nesse sentido, na próxima quinta-feira (3), a categoria se reunirá para oficializar a deflagração da greve e instaurar o comando de greve. “Precisamos desenhar alguma estratégia de luta com relação a isso”, disse.

Na realidade, o indicativo de greve dos docentes era para o dia 9 de novembro, data sugerida pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), no entanto, a categoria observou a necessidade de começar a articular estratégias de forma mais imediata. “O Andes-SN, juntamente com as demais unidades que representam os servidores, retirou em pauta essa data, mas, tendo em vista o acelerar dessas votações, todas que têm tramitado, sobretudo com a aprovação da PEC 241 em segundo turno e outras medidas sendo colocadas, como a reforma da previdência, a assembleia entendeu que o momento é urgente”, explica Valéria.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

Continua depois da publicidade

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia