JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 19 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Continua depois da publicidade



Projeto Geopark Uberaba é levado ao conhecimento de alunos em escolas

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

26/06/2022 - 00:00:00. - Por Tito Teixeira

O Projeto Geopark segue visitando escolas da cidade. Entre os objetivos estão explicar sobre os geoparques chancelados pela Unesco, abordar sobre os patrimônios históricos e culturais da cidade, assim como explicar sobre os patrimônios imateriais, como, por exemplo, a catira, congada, folia de reis, hip-hop e o modo artesanal de fazer sinos, entre outros diversos patrimônios imateriais registrados no Conselho de Patrimônio Histórico e Artístico de Uberaba (Conphau), os quais fazem parte do Projeto.

A escola visitada no início da semana que passou foi o Colégio Cenecista Doutor José Ferreira. Na ocasião, as integrantes da equipe do Projeto Geopark Uberaba, a secretária executiva, Lucia Cruvinel, e a coordenadora de comunicação, Gyzah Pereira, servidora da UFTM, divulgaram o II Concurso de Fotografia, que tem como objetivo incentivar e despertar as pessoas de Uberaba para o interesse aos patrimônios materiais e imateriais, com 51 pontos elencados para serem fotografados e inscrições abertas até 18 de julho.

Segundo a coordenadora de comunicação Gyzah Pereira: “Os alunos mostraram-se encantados com o concurso e, principalmente, com a premiação. Além disso, puderam descobrir sobre os patrimônios de sua cidade e a relevância internacional dos patrimônios geológicos que nossa cidade possui, requisito primordial para ser um geoparque reconhecido pela Unesco”, destacou.
Além disso, em parceria com a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação (Sedec), foram disponibilizados 4 totens de divulgação do projeto, para que os alunos pudessem apreciar e se informar mais sobre o projeto.

Carta. Na semana passada, foi assinada a Carta de Intenções do Projeto Geopark Uberaba – Terra de Gigantes. A ação é um passo importante no processo de candidatura oficial junto ao “Programa de Geoparques Mundiais UGG da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco)”.


“Hoje é um divisor de águas na história de Uberaba. Um passo que nos coloca de fato na Unesco”, comemora Luiz Carlos Borges Ribeiro, coordenador do Projeto Geopark Uberaba e conselheiro da ABCZ.


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar