JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 30 de junho de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Continua depois da publicidade



"Alegar ignorância não é argumento para sustentar defesa", diz secretário sobre fiscalização do trânsito em Uberaba

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

23/06/2022 - 16:03:31. - Por Luiz Henrique Cruvinel Última atualização: 23/06/2022 - 16:04:37.

Foto/Jairo Chagas

Em entrevista ao programa "De Frente para a Notícia", da Rádio JM, o secretário de Defesa Social de Uberaba, Glorivan Bernardes, manteve o tom de rigidez às infrações de trânsito que serão alvos de fiscalização por videomonitoramento a partir do dia 1º de julho. Nas palavras dele, os delitos, como o não uso de cinto de segurança, serão tratados com tolerância zero.

Além disso, apesar da garantia de defesa, Glorivan Bernardes argumenta que as justificativas dos multados são, em maioria, rasas e infundadas.

"A pessoa que não usar o cinto e argumentar que não sabia, não existe. Alegar ignorância não é argumento para sustentar defesa. E o que você poderia imaginar de defesa nós já enfrentamos nos processos. A gente nunca encontrou um argumento que possa ser acolhido. Seja ele o mais variado que possa ser, como 'não posso usar cinto porque fiz cirurgia no abdome', ora, a pessoa não pode nem dirigir então. O que você argumenta que te impossibilita de usar o cinto, você não deveria nem estar dirigindo. Então não ajuda na defesa", declara Glorivan.

O secretário reforça que a medida de videomonitoramento não tem o intuito de aumentar a arrecadação dos valores pelo Município. "Queremos salvar vidas, tanto da pessoa que está sem cinto quanto de alguém que é atingido. O que nós pregamos e estamos tentando trazer a lume é que essa fiscalização, mesmo pelo videomonitoramento, é para salvar vidas. Não é indústria de multas, ampliar recolhimento, arrecadação, nada disso", diz.

Por isso, a pasta prepara uma comparação de dados de multas coletadas desde 2017 e depois as que serão aplicadas com o uso da tecnologia, a partir do dia 1º de julho, a fim de esclarecer à população que a ideia não é lucrar com as situações do trânsito uberabense.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar