JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 02 de julho de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Continua depois da publicidade



Em Uberaba, passagens intermunicipais passam por maiores reajustes do Estado

Passagens de ônibus intermunicipais estão 17,54% mais caras em MG

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

18/05/2022 - 00:00:00. - Por Letícia Marra

(Foto/Arquivo)

Entrou em vigência, nesta segunda-feira (16), o reajuste anual das passagens do transporte coletivo rodoviário intermunicipal, que ficaram mais caras. Em uma empresa de transporte de Uberaba, a média do aumento será entre R$10 e R$20.

As empresas que operam o sistema solicitaram à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) um reajuste de 20%. No entanto, o pleito foi negado. Para 2022, o índice autorizado foi de 17,54% para as linhas que operam no asfalto e de 16,84% para as linhas que circulam em estradas não pavimentadas.

Com a nova base tarifária em vigor, a passagem de maior valor passa para R$ 391,95, no trecho Uberaba – Montes Claros. De acordo com uma empresa de transporte intermunicipal de Uberaba, o menor reajuste será de R$10 e o maior de R$40. Em outra empresa, o responsável disse que o reajuste ainda não foi repassado, mas a empresa adotou a medida de retirar as promoções e voltar para os valores habituais.

No Terminal Rodoviário de Uberaba, a expectativa é que o movimento continue o mesmo. Segundo a administradora da rodoviária, Rosa Eli Cardoso, a média de viagens, em abril, foi de 800/dia e para maio, espera-se a mesma média.

O reajuste anual das tarifas do transporte intermunicipal está previsto no Decreto nº 44.603/2007 (Regulamento do Serviço de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal e Metropolitano do Estado de Minas Gerais – RSTC) e nos contratos de concessão firmados para a prestação dos serviços. Os novos valores das passagens não incluem taxas de embarque em rodoviárias e pedágios.

A atualização das tarifas visa corrigir a defasagem dos valores ocorridos nos doze meses antecedentes aos estudos, considerando a variação dos preços de insumos tais como combustíveis, peças de reposição, manutenção, depreciação do veículo, tributos, remuneração da mão de obra, entre outros.

A título de exemplo, de acordo com dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o Óleo Diesel acumulou nos últimos 12 meses uma variação de 46,47%, e os pneus 25,39%.

O Sistema Intermunicipal de Transporte de Passageiros abrange ônibus que circulam entre a capital e as cidades do interior e também as rotas entre cidades mineiras. Ao todo o sistema conta com uma frota de 3.277 veículos, que atualmente atendem a uma média mensal de 3,36 milhões de passageiros.

O Jornal da Manhã tentou contato com outras duas empresas de transporte intermunicipal na cidade, mas não obteve sucesso. O espaço segue aberto para manifestações.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar