JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 22 de janeiro de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Continua depois da publicidade



Saúde alinha protocolos na ocorrência de casos de Covid nas escolas estaduais em Uberaba

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

01/12/2021 - 00:00:00.

A Secretaria de Saúde, por meio dos departamentos de Atenção Básica e Vigilância Epidemiológica, promoveu reunião com diretores das escolas estaduais e a Superintendência Regional de Ensino para tratar do protocolo sanitário da Covid-19 e definir o fluxo de atendimento dos casos que ocorrerem nas escolas.

A chefe da seção de PNPS e Vigilância em Agravos, do Departamento de Epidemiologia, Isabela Lacerda Rodrigues da Cunha, pontuou que foram tiradas muitas dúvidas que as equipes das escolas ainda tinham quanto ao protocolo e a conduta a ser adotada com os casos suspeitos.

“É importante frisar que até o momento não houve nenhum surto confirmado em escolas estaduais. Ocorreram casos de Covid e de síndrome gripal de alunos em salas e turmas distintas. Por isso, fizemos essa reunião onde foi explicado o passo a passo de em que momento se deve suspender a aula presencial”, explicou Cunha.

Ao longo da reunião, foi explicado que, se em uma mesma sala de aula houver um caso confirmado e um aluno suspeito, é indicada a suspensão apenas dessa sala de aula. Para suspender um turno inteiro, seja de manhã, à tarde ou à noite, é preciso que tenha mais de um positivo confirmado, em salas diferentes, neste mesmo turno. A escola deve ser fechada quando se confirmar mais de um positivo em turnos diferentes, não necessariamente na mesma sala de aula.

Um esclarecimento foi de que o caso só é considerado suspeito mediante laudo médico, ou seja, quando o aluno procura a Unidade de Saúde e o especialista indica que pode ser Covid-19, até que a pessoa entre no prazo e possa fazer o exame de confirmação ou não da suspeita.

A chefe da Atenção Básica, Aline Nayara Tristão, destacou a importância de fazer o alinhamento com a Superintendência Regional de Ensino e com os diretores das escolas estaduais, para que o Município consiga fortalecer e alinhar ainda mais os atendimentos a serem prestados aos alunos e aos profissionais que atuam nas instituições de ensino. “Os alunos que testarem positivo ou que estiverem suspeitos podem procurar as Unidades de Saúde do Município para receberem atendimento, orientação e monitoramento”, ressaltou.

Cada escola estadual recebeu uma relação de qual Unidade de Saúde é referência na região, de forma que os alunos com suspeita ou positivados de Covid-19 possam receber os devidos atendimentos e orientações. É importante frisar que esse aluno pode ser encaminhado tanto para a Unidade de Saúde que atende o seu bairro quanto para a Unidade que atende a região da escola.

 


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia