JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 01 de dezembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

A Black Friday vem aí; confira os cuidados com as compras online

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

25/11/2021 - 10:35:59. - Por Luiz Henrique Cruvinel Última atualização: 25/11/2021 - 10:38:19.

A Black Friday, como é chamada a última sexta-feira de novembro, marcada pelas “super-promoções”, está marcada para o dia 26 e, com ela, há a oportunidade de consumidores encontrarem produtos mais baratos e de comerciantes esvaziarem seus estoques, de forma a renovar prateleiras e atender novas demandas de seus clientes. Contudo, a ânsia pelo menor preço deve ser precedida de muita atenção, principalmente com as compras pela internet.

Muitas das ofertas exaltadas em vitrines de lojas ou telas de computadores parecem ser imperdíveis. De fato, algumas são, mas outras não. Seja por desejo, necessidade ou vontade, o ato de consumir representa uma pequena realização, carregando com ela adrenalina, emoções e, em alguns casos, decepção - o que pode ser evitado, caso o consumidor adote algumas precauções.

Leia também: Consumidor deve ficar atento às compras pela internet para não cair em "furadas"

Para que a promoção imperdível da Black Friday não se torne um pesadelo, é preciso que os consumidores prestem atenção redobrada aos sites de compras. A principal dica é justamente a importância de se observar justamente a aparência do site antes de inserir qualquer informação, para saber se a loja virtual é mesmo verdadeira.

O consumidor na internet também deve evitar ao máximo clicar em links recebidos por email ou pelas redes sociais, especialmente aqueles que mostram ofertas que pareçam irrecusáveis, os chamados phishings.

A Fundação Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Uberaba) orienta o consumidor a fazer uma pesquisa de preços, buscar recomendações e informações sobre o site, inclusive se o fornecedor tem endereço físico, CNPJ e se disponibiliza contato para dúvidas. Além disso, antes de fazer a compra, o cliente deve entrar no site receita.fazenda.gov.br e procurar os dados do fornecedor.

O consumidor deve estar atento à forma como procura o fornecedor: não deve responder mensagens de publicidade ou acessar os links enviados. É ele quem deve buscar o fornecedor por sua iniciativa, acessando as páginas oficiais. Preços muito abaixo do mercado podem indicar problemas, como golpes, fraudes, mercadoria falsificada etc.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia