JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 19 de setembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Procon e Ministério Público fiscalizam preço de combustíveis após paralisação de caminhoneiros

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

12/09/2021 - 18:10:39. - Por Luiz Henrique Cruvinel Última atualização: 12/09/2021 - 18:12:54.

Em ação de monitoramento aos desdobramentos da paralisação dos caminhoneiros na quarta-feira (8), a Fundação Procon de Uberaba, em parceria com o Ministério Público, fiscalizou postos de combustíveis no perímetro municipal. Apesar do movimento, nenhuma irregularidade foi identificada.

A inspeção teve o intuito de coibir prática abusiva em relação a um possível aumento injustificado nos preços devido à paralisação de caminhoneiros em todo o País. De acordo com o chefe da Seção de Fiscalização e Acompanhamento de Preço do Procon Uberaba, Humberto Raphael de Souza, não foi encontrada nenhuma irregularidade.

Com o anúncio da greve dos caminhoneiros em pelo menos 15 estados brasileiros, os motoristas uberabenses aceleraram o café da manhã e lotaram os postos de combustíveis da cidade, na quinta-feira (9), com medo de um possível desabastecimento. A paralisação nas rodovias teve cunho de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), após os discursos inflamados no Dia da Independência, e durou cerca de 16 horas.

A pesquisa de preços de combustíveis semanal foi feita nesta sexta (10). O levantamento compara os valores mínimos, médios e máximos encontrados nos 59 postos na área urbana e sete postos localizados em rodovias do Município. As informações são disponibilizadas na página do Procon, no site do Governo Municipal de Uberaba, e encaminhadas sempre para o Ministério Público.


 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia