JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 24 de outubro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Fragmentos da revista virtual "Convergência"

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

19/05/2021 - 07:49:25. - Por Ani e Iná Última atualização: 19/05/2021 - 10:18:30.

Revista da Academia de Letras do Triângulo Mineiro

Ano 51 – N. 31 – Abril de 2021

A questão não é rejeitar o digital e os avanços tecnológicos, mas incorporá-los à nossa vida.

Quem diria que um dia estaríamos lendo uma revista, um jornal, um livro digital?  Todo esse movimento faz bastante sentido. Isso nos mostra que precisamos abrir espaço para o novo, os ponteiros do relógio giram à velocidade da luz, tudo é imediato. 

Na primeira página, a foto do majestoso casarão, que, no ano de 2016, foi cedido em comodato à Academia de Letras do Triângulo Mineiro (ALTM) pelo então reitor da Uniube, Marcelo Palmério. Localizado no bairro Estados Unidos, em Uberaba-MG, na rua Lauro Borges, 347. Um sonho realizado dispor da nossa sede!  

Encontraremos neste caderno digital as atividades realizadas pela ALTM, de 2017 a 2021. Como também artigos publicados. Esta edição apresenta 23 textos de acadêmicos e associados.                   

Diretoria: 2021/ 2022

Presidente: João Eurípedes Sabino

Vice-presidente; Arahilda Gomes Alves

1ª Secretária: Ani de Sousa Arantes Santos

2º Secretário: Antonio Pereira da Silva

1ª Tesoureira: Consuelo Pereira Resende do Nascimento

2º Tesoureiro: Pedro Lima

Edição: Presidente João Eurípedes Sabino

Colaboração: Acadêmico Renato Muniz. B. Carvalho

Projeto Gráfico: Fernanda Bilharinho de Mendonça

Fotografias: cedidas por João Eurípedes Sabino

Na página seguinte, o nome dos acadêmicos, suas cadeiras, antecessores e patronos. São 40 cadeiras. 

Sumário.

Apresentação.

“O Livro de Visitas existente na sede contém emocionantes mensagens de crianças a idosos que se adentram ao Palácio Cultural Triangulino.” O presidente da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, João Eurípedes Sabino, termina sua bela apresentação com um gesto de gratidão à professora Fernanda Bilharinho de Mendonça pelo trabalho voluntário e incansável na formatação da Revista, que ficou uma obra-prima.

Apresenta-se em seguida o significado heráldico do Brasão da Academia de Letras do Triângulo Mineiro.

Seguem-se as homenagens a quatro tristes despedidas registradas a partir de 2017: Ernane Fidélis dos Santos, Luiz Manoel da Costa Filho, Thomaz de Aquino Prata e Valdemes Ribeiro de Menezes. A eles expressamos nossa eterna gratidão, extensiva às suas famílias, por tudo que realizaram em suas valorosas vidas.  

Na entrada da ALTM, o monumento do rosto esculpido em bronze de Mário Palmério, uma homenagem ao nosso ilustre acadêmico.

Resumo das atividades de 2017 a 2021.

Fotos de acadêmicos usando a Tribuna. 

Em seguida, os artigos, poesias, textos, poesias e poemas. O Hino da Academia de Letras do Triângulo Mineiro – letra e música da professora e maestrina Arahilda Gomes Alves.

Os 203 anos de datas de Uberaba foram escritos pelo acadêmico Guido Bilharinho – cadeira 32.

Duas crônicas politizadas do acadêmico João Gilberto Rodrigues da Cunha – cadeira 38.

“A beleza cultivando o amor” foi o artigo do acadêmico Jorge Nabut – cadeira 06. “Memória sentimental de José Mendonça”, uma homenagem que escreveu ao aniversariante, publicada no Jornal da Manhã de 2004. Quanta afetividade! 

Tarde de poesia e prosa no Shopping Uberaba.

Presença da ALTM na Fliaraxá, em Sacramento, Uberlândia, Araguari, Araxá e cidades vizinhas.

A posse de novos acadêmicos:

o   Ani de Souza Arantes Santos – cadeira 04; antecessor: Padre Thomaz de Aquino Prata; patrono: Jorge de Lima. 

o   Luiz Gonzaga de Oliveira – cadeira 15; antecessor: Luiz Manoel da Costa Filho; patrono:  Hugo de Carvalho Ramos.

o   Cícero Domingos Penha – cadeira 23; antecessor: Ernane Fidélis dos Santos; patrono: Plínio Mota. 

A representação da Academia de Letras de boas-vindas à nova prefeita Elisa Araújo. 

Foram muitos momentos de aproximação de forma especial com a participação engajada e intensa da ALTM. 

Fizemos apenas um relatório sobre a prática de inovação tecnológica até chegar às artes, à poesia, à literatura. O importante não foram os nomes citados, eles representam todos e todas nesta ”joia” que é o trabalho em grupo e a criação de ações coletivas. 

“Sonhar é preciso”...  A nova revista virtual será de poesias.... Mergulhar na arte de escrever em versos, inspiração, devanear em contos que são verdadeiros poemas, e isso só será possível na interação com o outro, construindo relacionamentos a todo instante.

Extraordinária foi essa rosa escarlate na penúltima página da revista, “As rosas não falam”, de Cartola. Com certeza, “ela” vivenciou momentos de muitas vidas. Encontrou a história de cada um que subiu as escadas do “Casarão das Letras”. Sobre o canto das maritacas e nossa bandeira verde e amarela (foto belíssima), focada pelo incansável presidente João Eurípedes Sabino, a revista finalizou na simplicidade do amor. 

Assim foi a nossa revista virtual… Assistimos a uma outra tendência... Quando olhamos, página por página, conseguimos vê-la resgatando suas histórias, porque precisamos de emoções, a busca do valor afetivo, e foi o que encontramos no álbum da Academia de Letras do Triângulo Mineiro. Afinidades e paixões! 

Dois beijos...

Ani e Iná - aninauberba@gmail.com - gemeasanina@hotmail.com

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia