JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 18 de janeiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Desapropriação do São José deve ser decidida pelo próximo prefeito

Prefeitura conseguiu suspender o leilão do imóvel e, segundo a Procuradoria, a melhor forma de se fazer a desapropriação ainda é estudada e será tratada com a equipe de transição

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

26/11/2020 - 00:00:00. - Por Daniela Brito

Foto/Jairo Chagas


Imóvel do Hospital São José chegou a ter leilão marcado com avaliação de R$6,7 milhões, mas a PMU conseguiu barrar o remate

Desapropriação do antigo prédio do Hospital São José deve ficar para a próxima gestão da Prefeitura de Uberaba. Após declarar o imóvel “utilidade pública e de interesse social” para fins de desapropriação, o município conseguiu suspender o leilão judicial do imóvel ao protocolar uma petição nos autos do processo que tramita na 1ª Vara do Trabalho da Comarca de Uberaba.

O imóvel está avaliado em R$6,7 milhões, mas tinha como lance mínimo para arremate cerca de R$3,7 milhões. Após esta ação não houve nenhuma movimentação no processo judicial, que tem como objetivo saldar dívidas trabalhistas. Tampouco houve algum andamento por parte da PMU.

Por meio da assessoria de imprensa, a Procuradoria-Geral do Município informa que ainda estuda de que forma será feita a desapropriação. Segundo a nota, o preço pode ser aquilatado judicialmente, quando da propositura da ação, “fato este que ainda não se verificou”.

A Procuradoria-Geral esclarece que, por ser uma situação atípica, a administração municipal está agindo “com extrema cautela e deverá levar o caso, antes de qualquer providência concreta, ao conhecimento do próximo mandatário da cidade, ainda no período de transição, buscando medidas compartilhadas e que melhor se adequa aos interesses públicos”.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia