JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 26 de setembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Sem previsão de volta às aulas presenciais, papelarias expandem vendas e comercializam até EPI

04/08/2020 - 15:20:23. - Por Michelle Rosa Última atualização: 05/08/2020 - 07:44:35.


Foto/Arquivo JM


Para se manterem de portas abertas, papelarias se reinventam, ampliando a gama de produtos à venda, já que os produtos de volta às aulas não estão tendo muita saída

Com as aulas presenciais suspensas desde o mês de março e com o segundo semestre incerto, empresários do ramo de papelarias se esforçam para se manterem no mercado e inovam no atendimento. Com características de empreendimento familiar, o setor está se reinventando.

“Se for só papelaria pura as pessoas não vão conseguir se manter. Por isso, aqui terceirizamos e melhoramos o serviço de entrega e ampliamos o acesso para que as pessoas consigam imprimir um documento ou boleto, isso sem falar no mix de produtos, para que o cliente consiga encontrar aqui o que ele precisa e para nós dois sairmos ganhando”, destaca Pedro Alves Ferreira Neto, proprietário de uma papelaria no Costa Teles, no mercado há cerca de 22 anos. 

Já o empresário Ricardo Santos Vieira destaca que já têm observado que, ao longo dos anos, a volta às aulas no meio do ano tem tido cada vez mais menos procura pelos materiais escolares e que o foco durante o ano todo fica para os materiais de escritório. Na avaliação dele, a pandemia intensificou a busca por esses produtos, principalmente pelas redes sociais da empresa.


“Estamos nos mantendo e temos o orgulho de dizer que não dispensamos nenhum dos funcionários. Quanto aos clientes, percebemos o quanto é importante manter nossas redes sociais atualizadas e estarmos sempre atentos para atender a todas as necessidades que agora chegam pelo whatsapp, facebook, telefone, nos fazendo inclusive a estudar a entrada no e-commerce”, pontua. 

 

E quem acha que em papelaria só vende material escolar, está enganado. Com um mercado mais voltado para o autocuidado, Donaldo do Santos Jr, que está no ramo há quase 50 anos, apostou também em materiais de EPIs.

“Fizemos uma adaptação na loja física para atender aos serviços de impressão e realizamos algumas parceria para a venda de EPIs, como máscaras e itens que auxiliam na proteção. Criamos um site com quase dois mil itens e apostamos na qualidade do atendimento e na entrega do produto. Não está sendo um período fácil, mas não podemos deixar de trabalhar”, finaliza. 


 


Leia mais


DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia