JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 05 de agosto de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Reabertura da Rodoviária não anima muitos comerciantes no local

06/07/2020 - 12:42:50. - Por Daniela Brito Última atualização: 06/07/2020 - 15:39:22.

Fotos/Jairo Chagas

Terminal Rodoviário de Uberaba reabriu nesta segunda-feira (6) cumprindo as normas sanitárias previstas no decreto municipal que autoriza seu funcionamento. Conforme apurou a reportagem, a reabertura  ocorreu de forma tranquila, com ônibus parando nas plataformas desde as primeiras horas do dia. Além disso, os estabelecimentos comerciais reabriram as portas, após longo período impedidos de funcionar.

A administradora do terminal Rodoviário, Rosa Eli Cardoso, informa que a retomada é lenta e registra fraco fluxo de passageiros. Segundo ela, muitas empresas de ônibus estão circulando com poucos carros, o que não favorece o movimento na rodoviária.

Ela também explica que a concessionária adotou regras para o funcionamento do Terminal Rodoviário. O local reabriu com apenas uma entrada e uma saída para os passageiros e visitantes em geral. Além disso, todos que entram no terminal têm a temperatura aferida por funcionários da Ubercon. Na entrada também é disponibilizado álcool gel para higienização das mãos.

Continua depois da publicidade

Com a reabertura, os estabelecimentos comerciais também estão permitidos a funcionar dentro do terminal rodoviário. Conforme explica a administradora, a concessionária não estipulou horário de funcionamento para os permissionários, que podem trabalhar 24h. “A única exigência é a proibição de venda de bebida alcoólica, seguindo o que determina o decreto municipal”, completa.  

Ouvido pela reportagem, um dos comerciantes que trabalha no local, que prefere ter o nome preservado, informa que o movimento está fraco e não há expectativa de melhora tendo em vista as exigências para a contenção da Covid-19. “Muitos optaram por não funcionar direto por conta disso”, diz. Um dos problemas é a abertura de apenas uma porta para a entrada na rodoviária, que prejudica o comércio interno.

Além disso, a informação que circula internamente é que muitas viações vão manter o embarque e desembarque no Posto Graal, o que também é um fator que dificulta o movimento de clientes.

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia