JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 05 de junho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Proposta do José Ferreira é rejeitada e categoria sinaliza com possível greve

22/05/2020 - 06:57:21. Última atualização: 22/05/2020 - 06:59:22.

Jairo Chagas


Colégio Doutor José Ferreira, cujos professores estão com assembleia marcada para hoje para decidir sobre indicativo de greve

Em meio à suspensão da liminar pelo TRT-MG, segue o impasse envolvendo os professores do Colégio Doutor José Ferreira. Na quarta-feira (20), em reunião virtual realizada pelo Sindicato dos Professores de Minas Gerais (Sinpro-MG), cerca de sessenta professores rejeitaram o corte 25% da remuneração – proposto pela superintendência da rede Cnec (Campanha Nacional das Escolas da Comunidade) em Uberaba. Desde março os profissionais estão com o salário ou parte dele em atraso.

O diretor do Sinpro em Uberaba, Marcos Gennari Mariano, informa que hoje acontece assembleia de professores das catorze unidades mineiras da Rede Cnec, que também passam por problemas. Na pauta, a proposta de indicativo de greve, a defesa do pagamento dos salários atrasados e abertura de negociação. “A possibilidade maior é pela greve”, informa o dirigente, acrescentando que ações judiciais por falta de pagamento dos salários foram interpostas pelo Sinpro-MG. 
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia