JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 02 de junho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Sindicato dos bancários critica adesão de bancos à MP 927

Diego Bunazar comenta que o setor é um dos mais lucrativos do país e a medida deveria ser adotada apenas para pequenas instituições

06/04/2020 - 09:19:26. - Por Daniela Brito Última atualização: 06/04/2020 - 09:22:18.

Sindicato dos Bancários de Uberaba critica a adesão de instituições financeiras à Medida Provisória n.º 927, que visa socorrer empresas perante a crise gerada pela Covid-19.

Entre os bancos que anunciaram que vão utilizar as medidas da MP 927, segundo o presidente Diego Bunazar, está o Banco Santander, que o ano passado, faturou R$ 14,5 milhões.

A MP permite mudar uma série de direitos dos trabalhadores sem participação dos sindicatos, regulamentando a antecipação de férias, feriados e uso indiscriminado do banco de horas.

Em Uberaba, o banco Santander concedeu férias coletivas a partir desta segunda-feira (6) para os funcionários das agências da avenida Santos Dumont e da Univerdecidade. “Isso deveria ser adotado apenas para pequenas instituições, não para o Santander, que lucrou R$ 14,5 bilhões em 2019”, avalia o dirigente sindical.

Segundo ele, bancos não devem utilizar a MP por fazerem parte de um dos setores mais lucrativos do país. Para Diego Bunazar, as instituições financeiras podem utilizar outros mecanismos, como o rodízio de funcionários, teletrabalho, entre outros. “O setor é muito lucrativo e poderia implantar sem nenhum problema o rodízio dos funcionários, teletrabalho, ou mesmo permitir que os trabalhadores fiquem em casa nesse período de pandemia”, ressalta.

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia