JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 22 de outubro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Vigilância Sanitária e Procon recolhem cerveja Belorizontina

Consumidores que tiverem em posse das cerveja devem entregá-las ao Procon Uberaba

15/01/2020 - 06:57:58. - Por Marília Mayer Última atualização: 15/01/2020 - 06:59:34.


Foto/Jairo Chagas


Técnicos do Procon e da Vigilância Sanitária iniciaram ontem o processo de interdição da cerveja Belorizontina

Em operação desencadeada nesta terça-feira (14), em Uberaba, fiscais da Vigilância Sanitária com apoio de equipe da Fundação Procon fizeram apreensão cautelar de 455 unidades da cerveja Belorizontina, da cervejaria Backer, em dois estabelecimentos comerciais de vendas em atacado e varejo, bares e restaurantes. A ação continua até que todos os locais sejam visitados.

Quando é feita uma apreensão cautelar significa que os produtos ficam guardados no estoque do comércio, porém, não podem ser vendidos.

A ação aconteceu após determinação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para que todos os produtos fabricados entre outubro de 2019 até a última segunda-feira (13) fossem retirados de circulação. A venda está suspensa até nova coordenada do MAPA.

A orientação é para que os consumidores que estiverem de posse das cervejas as entreguem ao Procon, localizado na rua São Sebastião, 41, Centro.

As cervejas dos lotes L1 1348, L2 1348 e L2 1354 recolhidos serão encaminhados à força-tarefa que investiga o caso.

Leia também: Secretaria confirma 17 casos de síndrome nefroneural em Minas Gerais

Caso suspeito é notificado em Araxá

A Secretaria Municipal de Saúde de Araxá aguarda resultados de exames feitos em paciente que procurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com sintomas típicos de intoxicação após ter ingerido a cerveja. Amostras foram colhidas e encaminhadas para análise em Belo Horizonte.

Conforme informou, em nota, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Araxá, o paciente não chegou a ser hospitalizado e passa bem.

Confira o comunicado na íntegra:

“A Secretaria Municipal de Saúde de Araxá notificou um caso suspeito de contaminação por ingestão da cerveja Belorizontina da Backer em Araxá. O paciente foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento - UPA apresentando alguns sintomas típicos de intoxicação. A unidade realizou inúmeros exames e encaminhou outros especializados para a Funed em Belo Horizonte e aguarda o resultado para confirmação ou não da suspeita pela Secretaria de Estado da Saúde. O paciente está em bom estado de saúde e não chegou a ser hospitalizado. A Vigilância Sanitária informa que está fiscalizando os pontos comerciais que comercializam cervejas artesanais para verificar se ainda existem cervejas desses lotes sendo comercializadas na cidade. Segundo a vigilância, não está recolhendo essas cervejas, mas reforçando junto aos comerciantes a recomendação de que essas bebidas não sejam comercializadas. O Ministério da Agricultura notificou a empresa Backer a fazer o recolhimento de todas as cervejas produzidas desde outubro de 2019.”

Leia mais

Continua depois da publicidade

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia