JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 08 de dezembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Mutirão de teste de Hepatite C será realizado neste domingo na Feira da Abadia

A equipe vai estar posicionada no final da feira, próximo à avenida Orlando Rodrigues da Cunha

17/10/2019 - 00:00:00. - Por Raiane Duarte Última atualização: 17/10/2019 - 06:54:19.

Arquivo JM

Neste domingo (20), o Rotary Clube em parceria com o Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) irá realizar um mutirão gratuito de testes de Hepatite “C”. A ação vai ser realizada na Feira da Abadia, das 8h às 12h. A equipe vai estar posicionada no final da feira, próximo à avenida Orlando Rodrigues da Cunha.

Serão realizados 550 testes rápidos para identificação de Hepatite “C”. O Rotary Internacional atua na campanha Hepatite Zero, que visa de erradicar a doença. A campanha é impulsionada pela Organização Mundial da Saúde, apoiada pelo Rotary.

Os testes serão acompanhados pela médica e coordenadora do Centro de Referência em Hepatites Virais na Macrorregião Triângulo Sul de MG, Geisa Gomide. A médica explica que a doença tem cura em 97% dos casos e o Ministério da Saúde fornece o tratamento.
“O ideal é que pessoas acima de 40 anos façam o teste, que são aqueles que tomaram injeção com seringa de vidro. Eles são o maior grupo de risco, pois antes não existiam as seringas descartáveis, o foco são essas pessoas. Também os usuários de drogas e quem fez transfusão antes de 1992”, explica a médica.

O teste é simples e parecido com o de diabetes. Caso dê positivo os voluntários irão colher os dados da pessoa para encaminhá-la ao Hospital das Clinicas, além de esclarecerem as possíveis dúvidas.

“Vale frisar que a Hepatite C é uma doença silenciosa, que geralmente se descobre quando já se transformou em cirrose. Descobrir pelo teste é melhor, pois se consegue matar o vírus e não deixar ele evoluir. O tratamento é simples e às vezes as pessoas falam que não irão fazer exames, pois quanto mais exame fazem, mais coisas aparecem, mas é o contrário, temos que fazer a prevenção”, pontua Geisa Gomide.

Entenda a Hepatite “C”

A hepatite C é causada pelo vírus VHC, transmitido principalmente por sangue contaminado, principalmente durante compartilhamento de seringas, agulhas ou de instrumentos de manicure, pedicure, tatuagem e colocação de piercing. A infecção também pode ser transmitida pelo contato sexual e por via perinatal (da mãe para filho), durante a gravidez e o parto, mas essas são vias muito menos frequentes.

Em geral, a maioria dos portadores só percebe que está doente anos após o contato com o vírus, quando apresenta um quadro grave de hepatite crônica com risco de desenvolver complicações, como cirrose, câncer no fígado e insuficiência hepática. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia