JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 18 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Manifestantes promovem ato em apoio a Amazônia na praça Rui Barbosa

Atos do tipo também ocorreram em diversas cidades brasileiras, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Vitória e Curitiba

24/08/2019 - 18:20:21. Última atualização: 24/08/2019 - 18:24:28.

Fotos/Fábio Braga

Participantes de diversas idades se reuniram na praça com cartazes e músicas de consicentização sobre o meio ambiente

Na tarde deste sábado (24), manifestantes de Uberaba realizaram um ato em favor da Amazônia e contra o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). A ação ocorreu teve início por volta das 16h.

Marcos Mariano, diretor regional do SinproMinas, ressaltou que está na hora de protestar de forma mais contundente. “É uma iniciativa espontânea que tem todo nosso apoio. Estamos em defesa da Amazônia, da democracia e da soberania nacional”, pontuou. “Independentemente da quantidade de pessoas, o que nós precisamos é conscientizar que o que está acontecendo na Amazônia não é certo e o governo está conivente com a situação”, reclama.

Manifestações do tipo também ocorreram em diversas cidades brasileiras, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Vitória e Curitiba. No exterior, cerca de dez cidades tiveram manifestações em frente às embaixadas brasileiras. As polêmicas começaram quando o presidente questionou dados do Inpe (Instituto

Nacional de Pesquisas Espaciais) referentes ao desmatamento da maior floresta do mundo. Para piorar, diversos focos de incêndio foram registrados na área de reserva ao longo desta semana e o tema se intensificou, sobretudo nas redes sociais.

Ontem, Jair Bolsonaro afirmou que iria editar medida chamada Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para enviar o Exército à região da floresta amazônica para interromper a onda de queimadas que está sendo registrada. A crise ambiental, inclusive, levou a Alemanha e a Noruega a suspenderem recursos do Fundo da Amazônia.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia