JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Ações judiciais contra o INSS aumentaram em 70%, diz advogada

Medida provisória transformou em lei a ação iniciada em 2015, determinando a revisão de todos os benefícios pagos

11/07/2019 - 00:00:00. - Por Marília Mayer

Aumentou em 70% o número de pessoas que tiveram seus benefícios suspensos pela Operação Pente Fino feita nos auxílios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), conforme a advogada Patrícia Teodora, especialista em Direito do Trabalho e Previdenciário.

A ação começou em 2015 e, neste ano, uma medida provisória foi transformada em lei e determina a revisão de todos os benefícios pagos. Por conta disso, a quantidade de pessoas que buscam ajuda cresceu.

“Infelizmente, vários casos de benefícios que, no nosso entender, foram suspensos de forma equivocada, com prazos recursais muito curtos administrativamente, o que acaba aumentando uma demanda judicial de uma forma gigantesca”, analisa.

Ainda, segundo a advogada, por conta da redução do quadro de funcionários do INSS, a concessão de benefícios tem levado até um ano e causado desespero no contribuinte.

“São vários projetos de operação. Primeiro foi auxílio doença, aposentadoria por invalidez e agora benefícios de uma forma geral, inclusive, imposto de renda”, conclui. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia