JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 15 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Antônio Carlos Marques, está sendo velado na sede da FCU

Prefeito Paulo Piau decreta Luto Oficial de três dias, pela morte do presidente

16/06/2019 - 07:00:55. Última atualização: 16/06/2019 - 14:26:07.

Morreu, na tarde de sábado (15), em Uberaba, o presidente da Fundação Cultural, Antônio Carlos Marques.

Antônio Carlos estava internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), desde a última quarta-feira, dia 12. Ele ficou em coma induzido, após uma alteração na quantidade de potássio no sangue que, elevada, provocou o mal-estar.

Professor há quase 40 anos, Antônio Carlos Marques era jornalista, licenciado em Artes Plásticas e Arte Educação, ministrou cursos, palestras e oficinas nas áreas de teatro, folclore, cultura popular e história da Música Popular Brasileira.

Foi grande incentivador da cultura uberabense. Deixa em seu legado grandes projetos com formação de Catira, Congada, Moçambique, sendo atuante na defesa da cultura afrodescendentes. Revitalizou o Patrimônio Imaterial, dentre outros grandes feitos, fomentando a arte e a cultura em todos os seguimentos.

Antônio Carlos deixa a esposa Elita de Fátima Ribela e as filhas Thalita Ribela Almeida, Thaiana Ribela Almeida e Thaynara Ribela Marques.

O prefeito decretou Luto Oficial pelo período de três dias.

O velório está sendo realizado, na sede da Fundação Cultural de Uberaba, na praça Rui Barbosa, 356, onde ocorre no período da manhã, várias apresentações artísticas em homenagem ao Professor Antônio Carlos, como Marcelo Tainara, Repper Toi, além de grupos de Ternos da Congada, Folia de Reis, artes circenses e capoeira.

O sepultamento será as 13h, no cemitério São João Batista. 

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia