JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 14 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Projeto de despoluição desenvolvido por aluno da UFTM será colocado em prática no rio Uberaba

Projeto de pesquisa ficou entre os dez contemplados no Edital da Água

17/06/2019 - 00:00:00. Última atualização: 17/06/2019 - 14:30:45.

Divulgação UFTM


Aluna da UFTM coleta amostra do Córrego das Lajes, afluente do Rio Uberaba

O projeto de pesquisa “Tratamento de sub-bacias do Rio Uberaba utilizando Moringa oleifera com foco na remoção de metais pesados e turbidez”, do aluno do curso de Engenharia Ambiental da UFTM, Paulo Sérgio de Vicente Júnior, coordenado pela professora Patrícia Diniz, foi um dos dez projetos contemplados pelo primeiro Edital da Água, da empresa Mosaic Fertilizantes.

A iniciativa irá apoiar organizações da sociedade civil e instituições de ensino superior que tenham ações voltadas à gestão e disponibilidade de água. A empresa recebeu 44 inscrições dos diversos municípios onde atua.

A premiação do projeto foi um recurso no valor de R$ 32.000,00 que será disponibilizado conforme o cronograma de execução. O projeto será colocado em prática pela equipe da UFTM, que conta com mais quatro docentes da Engenharia Ambiental (Ana Carolina Anhê, Ana Paula Senhuk, Diego Lemos e Bruna Cabral), com a servidora técnico-administrativa Vanessa Melo e mais dois discentes, Thais Placedino e Nathalia de Lima.

“Eu espero montar uma equipe multidisciplinar para estudar os efeitos ecotoxicológicos e hidrodinâmicos dos corpos hídricos. Além de atuar na bacia hidrográfica em que estamos inseridos, podemos realizar pesquisa de qualidade na Instituição”, afirmou Patrícia.

Paulo soube do edital pelas redes sociais. “Naquele momento, eu estava (e ainda estou cursando) a disciplina Fundamentos de Recursos Hídricos, ministrada pela professora Patrícia. Fiquei muito empolgado e chegando à aula fui diretamente conversar com ela para me auxiliar na elaboração de um projeto”, revelou o aluno.

A ideia do tema do projeto partiu, exclusivamente, da professora Patrícia. A docente já havia testado a eficiência da Moringa oleifera em um desafio proposto por outra empresa de Uberaba, na Semana da Engenharia Ambiental da UFTM em 2017. Ela foi vencedora porque conseguiu tratar um efluente industrial de forma natural em 30 minutos. A partir de então, ansiava por trabalhar com projetos da mesma linha de pesquisa.

O projeto. O rio Uberaba é o principal corpo hídrico de Uberaba, cruzando o município no sentido leste e oeste. É também o corpo receptor da maior parte dos despejos urbanos e industriais in natura do município. Na procura de alternativas para despoluir águas contaminadas com metais pesados e que possuem turbidez elevada, tem-se utilizado técnicas de biorremediação, ou seja, de descontaminação, limpeza e purificação de áreas contaminadas. Estudos mostraram que a espécie vegetal Moringa oleifera vem se destacando como um material promissor no tratamento de água, devido às propriedades absortivas e coagulantes que suas sementes possuem.

O projeto será desenvolvido em uma sub-bacia do Rio Uberaba, localizada abaixo da ponte de acesso à Universidade e à nova unidade da Mosaic, o Centro de Soluções Compartilhadas.

Os principais impactos sociais esperados são: propiciar maior acesso a fontes de água com boa qualidade para a população, ampliação de áreas de lazer e bem-estar, conservação do patrimônio municipal e capacitação de estudantes e profissionais envolvidos.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia