JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Jornalista relata em livro a experiência de como viver melhor bordando chita

Publicação nasce inspirada em um curso de bordado sobre a chita que a jornalista desenvolve em parceria com a Fundação Cultural

25/05/2019 - 00:00:00. - Por Luiz Gustavo Rezende Última atualização: 25/05/2019 - 09:09:55.

Foto/ Luiz Gustavo

Evacira Coraspe, jornalista e apresentadora da TV Câmara de Uberaba, lançou ontem, na sede do Museu de Arte Decorativa (Mada), livro intitulado “Flor de Chita – terapia do bordado”. A publicação nasce inspirada em um curso de bordado sobre a chita que a jornalista desenvolve em parceria com a Fundação Cultural de Uberaba (FCU). 

O livro traz imagens das oficinas realizadas durante curso com as bordadeiras e aborda a importância da arte para o equilíbrio e harmonia das emoções humanas. “Flor de Chita” também mostra um pouco da história do tecido chita ou chitão, da valorização da mulher praticante do bordado, a importância da postura corporal para bordar e aborda técnicas de bordado livre. Apesar disso, o livro não traz material didático para o bordado. "O livro não ensina bordar. Ensina como viver melhor bordando", diz a autora.

O prefácio do "Flor de Chita" é do médico Jorge Bichuetti e a apresentação da obra foi feita pelo professor Zeis Teixeira dos Reis, da cidade de Goiás. Ele é especialista em Artes Visuais e História Contemporânea pela Universidade Federal de Goiás (UFG), com licenciatura plena em Letras pela Faculdade de Filosofia Cora Coralina/UEG (Universidade Estadual de Goiás). A doutora Simone Aparecida Rezende, professora da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), escreveu a "orelha" do livro. 

Thiago Ferreira, designer da revista JM Magazine, contribuiu com a publicação. Este é primeiro livro de Evacira Coraspe, que já participou de três outras edições do Poder Legislativo. Ela também já organizou livro de crônicas de Natal do monsenhor Juvenal Arduini. O evento teve apresentação do músico Peixinho, do poeta Miguel Jacob e apoio da Unimed, FCU, Mada, Câmara Municipal e Editora 3Pinti.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia