JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 17 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Uberaba tem grupos de apoio para pacientes que querem parar de fumar

Serviço é gratuito e direcionado conforme as necessidades do fumante

24/05/2019 - 08:32:46. Última atualização: 24/05/2019 - 15:13:49.

No dia 31 de maio é comemorado o Dia Mundial Sem Tabaco, data criada em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para alertar sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo. Em Uberaba, os fumantes que têm interesse em deixar o vício podem procurar a unidade de saúde mais próxima de casa para receber orientações sobre os grupos de antitabagismo da Secretaria Municipal de Saúde. A referência técnica nas ações de antitabagismo da SMS, Luciana Sueli Cristino, destaca que as pessoas podem procurar qualquer unidade de saúde para serem orientadas e direcionadas para o grupo mais próximo da sua residência.

Treze unidades mantêm grupos com reuniões semanais e acompanhamento conforme a necessidade do paciente. Por exemplo, na UMS Maria Tereza, a pessoa pode ligar na unidade para agendar a primeira entrevista, após a qual passa a participar do grupo das 7h15 à 8h30, nas sextas-feiras. Havendo a necessidade, o paciente é encaminhado para os médicos das Equipes de Saúde da Família (ESF) e, se o paciente residir fora da área de abrangência do ESF, ele é encaminhado para o médico da Rede mais próximo. O atendimento é gratuito e realizado de forma direcionada a orientar o paciente, com tratamento focado na questão comportamental, ao invés de apenas realizar a dispensação de medicamentos antitabagismo.

As outras unidades com grupos antitabagismo são: USF Julieta Andrade Cunha; UMS Álvaro Guaritá; UMS Roberto Árabe Abdanur; UMS Dr. Romes Cecílio; UMS Dr. Romes Cecílio; UMS George Chirré; UMS Luiz Meneghello; USF Lecir Nunes; UMS Valdemar Hial; UMS Aluízio Prata; USF Palmira Conceição Ferreira; USF Jacob José Pinto; e USF Norberto de Oliveira Ferreira.

As unidades ainda realizam busca ativa, por meio dos Agentes Comunitários de Saúde, e orientação com psicólogos para avaliação com o intuito de promover a triagem do paciente para o atendimento em grupo ou individual. Dependendo do assunto abordado no grupo de Tabagismo, o coordenador do grupo convida profissionais de outras categorias para ministrarem as palestras.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia