JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 23 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Campanha "Faça bonito", contra a pedofilia, lota galerias do Legislativo

Mais de uma centena de pessoas, entre adultos, crianças e adolescentes, acompanharam no plenário da Câmara na tarde de ontem

18/05/2019 - 00:00:00. Última atualização: 18/05/2019 - 18:08:38.

 Rodrigo Garcia/CMU


Várias autoridades estiveram presentes no evento de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Mais de uma centena de pessoas, entre adultos, crianças e adolescentes, acompanharam no plenário da Câmara Municipal na tarde de ontem evento para entrega de certificados a instituições que desenvolveram ações [de maio de 2018 a maio de 2019] sobre a campanha “Faça bonito – proteja nossas crianças e adolescentes”, contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. 

Dados no site da campanha mostram que, de 2011 a junho de 2018, o Disque 100 registrou mais de 180 mil denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes. Apenas no primeiro semestre de 2018, o Disque 100 registrou 8,5 mil casos de violência sexual contra crianças e adolescentes em todo o país. “Em 2017 foram realizadas 70 denúncias ao Conselho Tutelar de Uberaba e, em 2018, 112 casos foram levantados”, contou o presidente do Legislativo, Ismar Vicente dos Santos – Marão –, idealizador da lei que estabelece o mês de maio para serem desenvolvidas as atividades, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), de conscientização e combate ao crime de pedofilia.

No evento realizado na Câmara, Marão deu início à entrega dos certificados aos representantes das instituições envolvidas na campanha, entre elas: Casa de Acolhimento Vida Viva; Casa de Acolhimento Isabel Aparecida do Nascimento; Instituto de Formação, Estudos e Pesquisa São José Operário – Projeto dos Meninos; Legião da Boa Vontade; Legião de Assistência Cristã – Casa do Menino; Associação Beneficente e Cultural São Jerônimo – Casa do Adolescente Guadalupe; Unidade de Acolhimento Catarina Souto, e a Escola Municipal Terezinha Hueb Menezes. 

Marão ressaltou que na “Semana Todos Contra a Pedofilia" [que, apesar do nome, as atividades acontecem durante o mês de maio] é importante haver a discussão de formas de prevenção e combate ao crime, promoção e recuperação de crianças, adolescentes e famílias atingidas, destacar a data e promover a conscientização de toda a sociedade na participação da prevenção e combate à violência sexual contra crianças e adolescentes. “Mais um ano, vídeo alertando a população sobre o tema será exibido antes de cada sessão cinematográfica na cidade. A infância e a juventude são de responsabilidade de todos”, alertou o presidente.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia