JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 25 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Após rotativo, procura por estacionamento particular cresce 10%

Alguns acabaram com a figura do mensalista ou reajustaram o preço

16/01/2019 - 00:00:00. - Por Daniela Brito Última atualização: 16/01/2019 - 07:58:32.

Reprodução


Estacionamentos particulares no centro da cidade registram aumento do movimento após entrada em funcionamento do rotativo

Estacionamentos particulares registram alta no movimento após a implantação do rotativo nas ruas de Uberaba. Além disso, muitos estabelecimentos romperam com o serviço de mensalistas e em outros casos o valor foi reajustado em R$5,00 a R$20,00/mês, segundo levantamento realizado pelo Jornal da Manhã

É o caso de estacionamento localizado na rua Coronel Manoel Borges. O movimento aumentou em torno de 10% após o início da cobrança do rotativo. No entanto, a informação repassada à reportagem é de cautela em relação a esse aumento na demanda, visto que nesta época existe movimento maior, todos os anos.

Por outro lado, nesse estabelecimento ainda houve reajuste de R$5 para os mensalistas. Antes, o valor cobrado era de R$150, passando para R$155.

Hoje, o motorista paga entre R$3 e R$4 por uma hora em estacionamento particular na área central de Uberaba. O valor é superior ao cobrado pelo rotativo, que é de R$2 a hora, mas os motoristas apontam maior segurança para o veículo dentro da área particular, enquanto que na rua não há nenhuma garantia em caso de furto, por exemplo.

Em outro estacionamento, localizado na rua Vigário Silva, o movimento praticamente dobrou, segundo o funcionário, que prefere não se identificar à reportagem. Além disso, o estabelecimento não trabalha com mensalistas, somente motocicletas. 

Situação semelhante aconteceu em outro estacionamento, localizado na avenida Guilherme Ferreira. Conforme informações repassadas ao JM, o movimento aumentou significativamente. No entanto, o valor para mensalistas não foi reajustado e continua sendo R$107.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia