JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 15 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Uberaba perde posição no ranking estadual de MEIs

Conforme os dados publicados no Portal do Empreendedor, no município houve uma redução de mais de 2.700 Microempreendedores Individuais formalizados

- Por Geórgia Santos Última atualização: 22/01/2018 - 11:13:54.

Foto/Arquivo


Segundo Elder Árcega, a redução é devido à falta de cadastro de muitas empresas

Uberaba registra queda no número de Microempreendedores Individuais (MEI) formalizados em 2017. Conforme os dados repassados pelo Sebrae Minas, publicados no Portal do Empreendedor, no município houve uma redução de mais de 2.700 Microempreendedores Individuais formalizados. A explicação para queda está relacionada ao cadastro destas empresas.

Conforme os dados repassados ao Jornal da Manhã em 2017 foram formalizados em Uberaba, 6.709 Microempreendedores Individuais, assumindo a 14° colocação entre as cidades mineiras no número de formalização. Enquanto que, em 2016 foram 9.444 e Uberaba estava em 12° lugar do ranking Estadual.

Segundo Elder Árcega, coordenador da Sala do Empreendedor, a redução é devido à falta de cadastro de muitas empresas.
“Muitas empresas, ao formalizar o certificado de Microempreendedor e o CNPJ no Portal do Empreendedor fizeram isso sem atender os requisitos municipais. A Prefeitura Municipal ao fazer um levantamento verificou que muitos CNPJs existentes não possuíam inscrição municipal, alvará de licença e localização provisória. Com isso, os números foram divulgados para que a Receita Federal tomasse as providências cabíveis”, explica.

Elder ressalta que essa redução foi na forma de enquadramento das empresas, mas isso não significa que estes microempreendedores não existam, pelo contrário estão ativos e procurando a Sala do Empreendedor para se regulamentar. Além disso, ele diz que esse resultado não reflete a economia do município, no sentido de estar oferecendo menos ou mais oportunidade. “Na verdade, é uma ação pontual da administração pública para que as empresas se regularizarem como apontaram ao emitir o CNPJ”, afirma.

Voltando ao levantamento do Portal do Empreendedor, com relação às atividades de maior concentração de formalizados em Uberaba nos anos de 2017 e 2016, em primeiro lugar está o comércio varejista com 12%, depois cabeleireiros com 8% e em terceiro, lanchonetes com 4%. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia