JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 20 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

SEE vai ofertar formação em Convivência Escolar e Prevenção à Violência nas Escolas

Serão ofertados dois cursos já no primeiro semestre de 2018, para mil profissionais da educação a serem selecionados em cerca de 500 escolas estaduais

Última atualização: 08/12/2017 - 08:34:57.

Educadores da rede estadual de ensino poderão participar de uma formação em Convivência Escolar e Prevenção à Violência nas Escolas, a partir do ano que vem. O curso será oferecido pela Secretaria de Estado de Educação (SEE) por meio da Coordenação de Educação em Direitos Humanos e Cidadania, em parceria com a Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO). 

Segundo a SEE, serão ofertados dois cursos já no primeiro semestre de 2018, para mil profissionais da educação a serem selecionados em cerca de 500 escolas estaduais, cobrindo as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs). Um deles, será sobre prevenção à violência no ambiente escolar e convivência democrática na modalidade a distância e terá carga horária de 120 horas/aula, com temas relacionados a violências nas escolas, perspectivas de inclusão social da juventude, diferenças e diversidades, drogas, bullying e cyberbullying, racismo, machismo e lgbtfobia.

A segunda oferta de curso tem o foco na construção de um diagnóstico sobre as situações de violência na escola e formas de prevenção. O diagnóstico será feito pelos estudantes e orientado por professores e supervisores das escolas. Para a realização do estudo, os alunos participarão de um curso presencial com carga horária de 220 horas/aula. Serão contempladas 100 escolas distribuídas entre os seis polos de educação.

A meta do curso é desenvolver as habilidades dos jovens como pesquisadores de sua própria realidade, por meio do desenvolvimento de uma estratégia de elaboração de diagnósticos e planejamento participativo sobre violências na escola, identificando os problemas, suas causas e possíveis alternativas de solução. Relatórios quantitativos e qualitativos serão produzidos por município e outro quantitativo para o estado de Minas Gerais.

De acordo com a coordenadora de Educação em Direitos Humanos e Cidadania da SEE, Kessiane Goulart, a parceria com a FLACSO atende a um desejo antigo dos professores.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia