JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 19 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Número de pessoas em situação de rua cresceu, mostra levantamento

De acordo com a chefe do Departamento de Proteção Social Especial, Cláudia Cristina da Silva, o diagnóstico aponta que, em Uberaba, existem 190 pessoas em situação de rua

- Por Geórgia Santos Última atualização: 07/06/2017 - 11:19:38.

Foto/Arquivo

Praça Jorge Frange é um dos pontos onde se concentram pessoas em situação de rua em Uberaba

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social realiza levantamento sobre as pessoas em situação de rua em Uberaba. A pesquisa que começou na primeira quinzena de maio deverá ser divulgada depois do dia 15 de junho e, até o momento, o resultado parcial mostra que houve aumento no número de pessoas que vivem nessas condições na cidade.

De acordo com a chefe do Departamento de Proteção Social Especial, Cláudia Cristina da Silva, o diagnóstico aponta que, em Uberaba, existem 190 pessoas em situação de rua, sendo que cerca de 80 delas são migrantes itinerantes. O número já é considerado maior do que em períodos anteriores, quando a quantidade de migrantes era de 20 a 25 pessoas. Além disso, o resultado pode ser ainda maior, uma vez que o levantamento está sendo realizado.

“Este número já é considerado alto. A crise socioeconômica interfere sobre a questão da população de rua, pois aumenta o desemprego e as pessoas migram para outras cidades em busca de ocupação, mas não encontram. Além disso, temos as esmolas como o que mais contribui para a permanência das pessoas na rua. A facilidade de levantar recursos pedindo esmolas responde por cerca de 80% dos casos. Muitos relatam que recebem doações nas ruas com frequência, como alimentos, roupas, entre outros tipos, o que contribui para que permaneçam nas ruas. É preciso institucionalizar as caridades”, diz.

O diagnóstico também irá trazer os pontos da cidade onde está localizada a maior quantidade de pessoas em situação de rua. “Já podemos apontar entre outros locais as praças Jorge Frange e Rui Barbosa, na avenida Tonico dos Santos, em alguns pontos nos bairros Parque das Américas e Santa Marta”, revela Claudia. Ela lembra que, com a realização do diagnóstico, também serão apresentadas ações que podem ser realizadas para combater essa situação.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia