JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 28 de setembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Vendas de comidas típicas e bebidas crescem até 60%

Grãos, peixes, frutas, vinhos, espumantes e champanhe estão entre os produtos escolhidos para a ceia de ano-novo, a popular Ceia de Réveillon

- Por Letícia Morais Última atualização: 31/12/2016 - 07:35:46.


Grãos, peixes, frutas, vinhos, espumantes e champanhe estão entre os produtos escolhidos para a ceia de ano-novo, popularmente chamada de Ceia de Réveillon. De acordo com o empresário de uma loja do ramo, Fernando Caixeta, as vendas aumentam entre 50% e 60% nesta época do ano.

Os dias mais movimentados em dezembro são 24 e 25 – véspera e Natal – e 30 e 31, véspera do ano-novo. “É uma fase de presentear, comprar produtos para fazer a ceia e comemorar. Por isso, vendemos muitos vinhos, espumantes, pães, queijos, chocolates, massas, azeites e castanhas”, afirma.

Segundo Fernando, neste ano não houve os conhecidos “atrasadinhos”, que não compram presentes no Natal e deixam para comprar cestas no ano-novo. “Nos natais anteriores, muitas pessoas que não compraram os presentes de Natal deixaram para comprar no ano-novo, mas nesse ano não”, esclarece. Ele destaca que as cestas de Natal saíram em média R$150, com panetone, espumante ou vinho, e alguns produtos de armazém, como massas e azeites.

Conforme Fernando Caixeta, no ano-novo as pessoas optam por comprar bebidas. “As pessoas ficam mais alegres e bebem mais, elas comem bastante também, mas nesse período a preferência é pela bebida. Em Uberaba, geralmente, os costumes são de comer carne de porco e/ou bacalhau no ano-novo. Aqui na loja nós temos bacalhau, mas as vendas ainda estão bem tímidas”, afirma o empresário.

Leia mais


DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia