JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 24 de fevereiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Governo estuda medidas para incentivar criação de novas vagas

Devem ser anunciadas na próxima semana pelo governo federal mais medidas com o intuito de estimular a economia brasileira

- Por David Tschaikowsky Última atualização: 30/12/2016 - 20:48:23.

Devem ser anunciadas na próxima semana pelo governo mais medidas com o intuito de estimular a economia brasileira. A bola da vez agora é o mercado de trabalho, particularmente os setores de comércio e serviços. A proposta é instituir por Medida Provisória (MP) a modalidade de contratação por hora trabalhada, com jornada móvel. Assim, o empregador pode convocar o funcionário a qualquer momento e dia da semana, sem ser obrigado a cumprir o chamado horário comercial (das 8h às 12h e das 14h às 18h).

A medida dará ao trabalhador a oportunidade de ter mais de um patrão e flexibilidade no expediente de trabalho, tendo ainda os direitos trabalhistas garantidos de forma proporcional. Ainda segundo o governo, será aumentado o prazo do contrato de trabalho temporário dos atuais 90 para 180 dias, havendo ainda a prorrogação por mais 45 dias. A aposta do governo é criar vagas de trabalho ainda em dezembro, janeiro e fevereiro até o carnaval.

Para o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Uberaba (Sindicomércio), Marcelo Árabe, a esperança nesta mudança é justamente para evitar desemprego. “Muitos empresários ficam temerários em relação aos altos encargos trabalhistas. Ter um funcionário hoje, contratado pela CLT, por prazo indeterminado, fica caro. Com o passar do tempo vira um passivo muito grande. O empresário não consegue segurar o empregado no comércio, havendo a necessidade da demissão, que, por sinal, tem um custo muito alto. Talvez com esse projeto do governo será possível diminuir a carga tributária e absorver mais mão de obra”, ressalta Marcelo.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia