JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 19 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ALTERNATIVA

Continua depois da publicidade



Ômicron pode chegar a 50 mil casos novos em Minas neste mês

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

13/01/2022 - 22:22:17. - Por Lídia Prata

FEITO FOGUETE
“A Ômicron vai se disseminar tão rápido, que os serviços essenciais vão ficar colapsados por tantas pessoas doentes” Avaliação é do secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira. Baccheretti criticou a orientação do Ministério da Saúde para redução do período de isolamento dos contaminados. Para os casos leves e moderados de COVID, o novo prazo de isolamento é de cinco dias do paciente completamente assintomático com testagem obrigatória, e sete dias para quem estiver há 24 horas sem sintomas e sem uso de antitérmicos. “A expectativa nossa continua que nas próximas duas semanas Minas atinja o pico desta nova onda, duas a três semanas. Então vamos continuar subindo, com casos novos, uma contaminação muito aguda como estamos vendo” - previu o secretário.

RECORDE DOS RECORDES
Nos próximos dias, Minas deve atingir a marca de 50 mil novos casos por dia, segundo o secretário de Estado da Saúde. O quadro da pandemia revela um total de 2.311.318 de casos confirmados desde o início, sendo que 81.844 seguem em acompanhamento, 2.172.706 se recuperaram e 56.768 foram a óbito. O novo aumento de casos é visto com preocupação por Fábio Baccheretti. O secretário será entrevistado, com exclusividade, pelo programa O Pingo do Jota, nesta sexta-feira, a partir das 8h30min. Sintonize Rádio JM FM 95.5.

VAI CAIR
Nesta quinta-feira, na reunião dos prefeitos e secretários de Saúde do Triângulo Sul, Triângulo Norte e Alto Paranaíba, o secretário Baccheretti disse que Minas terá mais duas ou três semanas de alta de casos da Covid, mas depois esses números vão cair rapidamente, até que a pandemia tenha fim. Esse comportamento de ômicron foi observado na África, onde a variante foi identificada pela primeira vez.

MÃOS PARA O CÉU
Prefeita Elisa tem expectativa de que os números da Covid em Uberaba tenham uma curva inversa à do Estado. Aqui, o pico do número dos infectados está sendo observado agora, enquanto nos outros municípios e regiões mineiros a curva dos casos novos de infecção pela variante ômicron ainda está começando a crescer. Na avaliação da prefeita, é bem provável que o arrefecimento do vírus chegue primeiro em Uberaba. Oremos!!

EM ALTA
A propósito, o boletim epidemiológico desta quinta-feira mostra que Uberaba chegou a 6.200 casos ativos de Covid. Em 24 horas, foram mais 809 casos positivos conhecidos e três óbitos, além de um em investigação há alguns dias. Apesar dos números graúdos, a ocupação de leitos hospitalares ainda está sob controle, com 13 pacientes internados em UTI e 32 em enfermaria, incluindo leitos públicos e privados. O problema continua sendo a falta de profissionais de saúde, muitos deles afastados por síndrome gripal ou Covid.

SUFOCO
Hospital de Clínicas da UFTM tinha 128 profissionais de saúde afastados por síndromes respiratórias (incluindo Covid) nesta quinta-feira. Veja como são as coisas. No ano passado, as cirurgias eletivas tiveram de ser suspensas por falta de leitos nos hospitais da cidade. Agora, as eletivas estão suspensas por baixa na força de trabalho. Observação, aliás, é da superintendente do HC,Professora Ana Lúcia Simões.

PREOCUPANTE
Uberaba conta com duas UTIs infantis para Covid. Se aumentar de repente o número de pacientes mirins contaminados pelo vírus e com quadro de saúde agravado, Uberaba poderá ter problemas para tratá-los em UTI.

FLURONA
O Estado confirmou nesta quinta-feira a ocorrência de um caso de Flurona em Uberlândia e outro em Araxá, além de cinco casos em Juiz de Fora, na Zona da Mata, e dois em Poço Fundo, no Sul de Minas. Minas já registra casos de Flurona em Belo Horizonte, Ipatinga, Itamonte, Monte Carmelo e São Lourenço. Pra quem não sabe, Flurona é o nome dado à dupla infecção do paciente, por Covid e por Influenza, ao mesmo tempo. Segundo a infectologista Cristina Barata, os sintomas são potencializados no organismo, fazendo com que o paciente sinta os efeitos de uma “gripona”.

SURTO DE COVID
Surto de Covid na Superintendência Regional de Ensino. Repartição registra vários casos de servidores afastados, inclusive a superintendente Vânia Célia.

SARDINHA NA LATA
Veículos do transporte coletivo continuam superlotados, sem qualquer providência mais enérgica por parte dos fiscais do município. Por outro lado, os usuários ignoram solenemente os riscos da contaminação pela ômicron. Só Jesus na causa!

PRA JÁ!
Vacinação do público infantil na faixa de 5 a 11 anos deve começar na semana que vem em Uberaba. Essa é a expectativa do secretário de Saúde, Sétimo Bóscolo Neto. Aliás, nas últimas semanas têm-se multiplicado os casos de crianças com Covid na cidade, gerando grande preocupação com a possibilidade de agravamento do quadro. Por outro lado, vale lembrar que as primeiras doses da Pfizer para baixinhos chegaram ao Brasil na madrugada desta quinta-feira e agora serão distribuídas aos Estados e municípios. Em que pese não haver consenso sobre a conveniência da imunização dos baixinhos, há farta literatura médica defendendo a vacinação de crianças.

ÀS FALAS
Prefeita Elisa e secretário Sétimo Bóscolo Neto reuniram gestores de farmácias, laboratórios e clínicas particulares que estão realizando testes de Covid para um leve “puxão de orelhas”. Na mira, os preços exorbitantes praticados na cidade para os testes de Covid. O grande problema é que esses preços empurram os pacientes para a rede pública, superlotando os pontos de testagem.

VAI FALTAR
Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica recomendou aos laboratórios privados brasileiros que cessem a testagem de pacientes com poucos sintomas ou assintomáticos para a Covid. A justificativa para a pausa dessa avaliação dos pacientes de baixo risco está na iminente falta de insumos para a realização de testes de Covid. Não se sabe até quando os laboratórios privados terão testes disponíveis para a população e o desabastecimento interno é questão de tempo. Só nos falta isso…

DOSE EXCESSIVA
Nota do Sindicato Rural carregou muito nas tintas, segundo dizem à boca pequena algumas lideranças classistas da cidade. Nos bastidores, comenta-se que o presidente Gilberto Dias errou na dose ao criticar o decreto de enfrentamento à nova onda da Covid e acabou dando um “tiro no pé”. Teria faltado habilidade para demonstrar a necessidade de liberação dos leilões de gado? Essa é a pergunta que não quer calar…

CARTÃO VERMELHO
Dificilmente a vereadora Lu Faquineli conseguirá aprovação para sua proposta de aproveitar os recursos da compra da folha de salários da PMU pelo Banco do Brasil para construção de uma UBS para servidores. O projeto não é visto com bons olhos nem pelos servidores, que temem ser barrados em outros postinhos de saúde caso venham a ter uma UBS exclusiva. Aliás, essa história de UBS exclusiva pode abrir precedentes perigosos, ensejando iniciativas semelhantes por outros vereadores para criar UBS do cabeleireiro, UBS exclusiva para evangélicos, UBS exclusiva para radialistas…

 

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia