JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 18 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ALTERNATIVA

Continua depois da publicidade



Decreto vai suspender até festas familiares outra vez

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

10/01/2022 - 21:09:20. - Por Lídia Prata Última atualização: 10/01/2022 - 21:56:22.

PRUDÊNCIA, PALAVRA DE ORDEM
Embora às 21h30 o Decreto de enfrentamento à nova onda da pandemia não tenha sido publicado, o que se sabe é que estão suspensas as festas e eventos de toda e qualquer natureza, sejam festas como a programada pela EXP para este fim de semana, sejam aniversários em família e até formaturas. Boates e leilões também estão com atividades suspensas. Idem idem as competições esportivas e os campos públicos e comunitários deverão ficar fechados, bem como as piscinas de uso recreativo. Tudo suspenso por 10 dias. Se os números de contaminados abaixarem, as regras poderão ser flexibilizadas. Caso contrário, poderão ser prorrogadas por tempo indeterminado. Oremos para que baixem logo esses números.

PELA METADE
Vale a regra de 50% para cinemas, cultos religiosos, supermercados e shoppings. Tudo poderá funcionar, mas com metade da sua capacidade. Pelo menos nos próximos 10 dias a regra será esta.

COMO ASSIM?
Outra medida adotada no enfrentamento à nova onda da Covid é um tanto controversa. Amplia o distanciamento entre as pessoas para 1,5 metro. Mas permite mesas em bares e restaurantes com até 8 pessoas. Aí fica a dúvida: como os barzinhos de Uberaba vão acomodar 8 pessoas nas suas mesinhas, mantendo esse distanciamento entre eles? E mais: como a fiscalização de Posturas vai atuar nesse caso? Usando fita métrica? Essa regra é muito complicada de ser observada.

ACADEMIAS, AS ESQUECIDAS
Interessante observar que neste conjunto de regras não constam as restrições às academias, nem limitação de pessoas nas lojas. Pelo menos nas informações passadas à imprensa agora à noite esses dois segmentos não foram citados.

COZINHANDO O GALO…
As novas medidas de enfrentamento à pandemia da Covid 19 estavam definidas na sexta-feira, antes de serem anunciadas pela prefeita aos vereadores. De repente, algum fato novo surgiu e a decisão foi adiada para segunda-feira. Pois bem. O governo municipal teve o fim de semana inteiro e toda a segunda-feira para tomar as decisões. Mas, já passava das 20h e o decreto não saía da “sala de parto.” Quase foi necessário uso de fórceps!
O certo é que Uberaba viveu uma segunda-feira de economia totalmente parada, na expectativa das medidas que virão.

NAS ALTURAS
Barzinhos lotados no fim de semana, alguns dos quais com mesas coladas umas às outras e clientes quase “sentados no colo” do vizinho. Uma loucura! Não é à-toa que a taxa de transmissibilidade da Covid em Uberaba subiu de 1,91 na semana passada para 2,25 esta semana. Isso significa que cada 100 cidadãos contaminados transmitem o vírus para 225 pessoas.

NÚMEROS REPRESADOS

No boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura nesta segunda-feira, o número de casos ativos na cidade bateu a marca de 3.720 pessoas. Certamente há mais gente contaminada do que revela o boletim. Vale lembrar que nas últimas 24 horas o número de casos positivos novos caiu para 221, porque a testagem no domingo foi suspensa por volta de meio-dia. Os números desta terça-feira deverão ser bem maiores.

EM ALTA
Chama a atenção no boletim Covid desta segunda-feira o número de leitos hospitalares ocupados com pacientes contaminados. Na rede pública saltou para 7 leitos de UTI e 16 para enfermaria. Na sexta-feira, dia 7, não havia registro de paciente internado em UTI nos hospitais públicos, e apenas 11 contaminados estavam internados em enfermaria nos hospitais públicos.
Já na rede particular, 5 leitos de UTI estão ocupados com pacientes Covid e 5 leitos de enfermaria. Na sexta-feira, eram 4 pacientes na UTI e 3 na enfermaria. Em termos percentuais, a situação da rede hospitalar pode ser considerada sob controle, em que pese o salto olímpico do número de internações de sexta-feira para cá.

POUCO IMPORTA
Pouco importa a paternidade, ou maternidade das ações que levaram à anulação do casamento entre a Prefeitura de Uberaba e a Soluções Serviços Terceirizados. Importa que o governo municipal tomou atitude a tempo, evitando um problema que poderia ser maior lá na frente. Embora a Soluções tenha dado o menor preço para o fornecimento emergencial de merenda escolar, a empresa está enrolada até o pescoço em problemas de natureza jurídica, seja por conta dos 2.537 processos trabalhistas em que figura como ré, seja por conta de proibições anteriores para participar de licitações, ou até mesmo por seu envolvimento em investigações sobre fraudes em licitações e prestações de serviços ao poder público.

E AGORA?
Resta saber o que o governo municipal vai resolver, neste momento, para garantir merenda para os alunos a partir de fevereiro, quando começarem as aulas. O prazo para uma solução está curtíssimo.

VAI MAL
Queixas contra a morosidade do Banco do Brasil para o atendimento aos servidores municipais levaram a prefeita Elisa a interceder, pessoalmente, junto à direção da instituição. Elisa quer mais agilidade e atenção aos servidores para a abertura das contas salário.

REFORÇO NO TIME
Mais 5 médicos plantonistas e uma técnica em enfermagem foram convocados pela Secretaria de Saúde para atuar no Samu. Decreto está publicado na edição de sexta-feria, 7, do jornal oficial do município. foram chamados no Porta Voz de sexta-feira.

NOVO CHEFE
Eduardo Alves de Oliveira é o novo Chefe da Seção de Operação e Monitoramento de Transporte Coletivo, da Secretaria de Defesa Social.

VAI MAL
Relatório da fiscalização no Terminal Rodoviário realizada semana passada pela Prefeitura concluiu que a concessionária Ubercon ainda tem muito o que melhorar na prestação de serviços à população. Desta vez, o relatório está publicado no Porta Voz. Ali consta que a Ubercon precisa melhorar a limpeza do prédio, do piso encardido aos vidros. Limpeza, aliás, sempre foi um problema na Rodoviária. Mas não é só. O relatório destaca a negligência da concessionária com as lâmpadas queimadas, assim como com a colocação de sacos plásticos nas lixeiras.

ATÉ HOJE?
O relatório da fiscalização na Rodoviária aponta, ainda, que até hoje a Ubercon não disponibilizou fiscais, nem carregadores de malas. Instalou monitoramento por câmeras, mas ainda não se sabe se as imagens poderão ser usadas futuramente, se necessário.

PLANO VERDE
Orçado em R$ 322.737,33, o Plano municipal de arborização tem pregão marcado para o dia 21 de janeiro. Agora vai!

TIC-TAC
Barsa Engenharia venceu a concorrência para a construção do ginásio poliesportivo no CEMEA Abadia. A construtora terá prazo de 4 meses para concluir a obra, que vai custar a bagatela de R$ 767.016,69 aos cofres públicos. Estamos de olho no cumprimento desse prazo.

FAKE NEWS
Presidente do Uberaba Sport Club cansou de desmentir a informação de que o time havia contratado o goleiro Fábio, do Cruzeiro. A fake news circulou nas redes sociais, atingindo mais de 140 mil visualizações. O presidente Rodrigão teve um enorme trabalho para explicar a história.

NOVO PRAZO
O Ministério da Saúde informou nesta segunda-feira as novas orientações para os casos de infecção pelo coronavírus. De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, as recomendações para pessoas que estão com quadro leve de Covid-19 é realizar isolamento de, no mínimo, sete dias. Caso essa pessoa infectada continue assintomática, sem febre ou não utilize remédios antitérmicos até o quinto dia, o ministério orienta fazer o teste RT-PCR para detectar o vírus. Se der negativo, a pessoa pode ser liberada do isolamento, mas mantendo cuidados (uso de máscara, por exemplo). Mas, se o infectado com quadro leve testar positivo ao 5º dia de sintomas, deverá manter o isolamento até completar o ciclo de 10 dias, saindo da quarentena somente após testar negativo. Se o ciclo de 10 dias for completado e a pessoa continuar com sintomas leves, não é necessário fazer novo teste RT-PCR. Até então, a recomendação que vigorava no país era de até 14 dias para infectados com a doença. A mudança no protocolo do Ministério da Saúde se baseou na redução do tempo de isolamento adotado nos Estados Unidos e na Inglaterra.


 


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia