JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 18 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ALTERNATIVA

Continua depois da publicidade



Vem aí novo pacote de medidas restritivas para brecar a Covid

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

07/01/2022 - 19:20:20. - Por Lídia Prata Última atualização: 07/01/2022 - 21:58:07.

 

MEDIDAS EMERGENCIAIS
Embora esperado para hoje, deve sair somente na segunda-feira um decreto contendo novas medidas restritivas para o enfrentamento à quarta onda de Covid em Uberaba. A sexta-feira foi marcada por reuniões com as equipes da Secretaria de Saúde e a prefeita Elisa para definição do direcionamento a ser dado no município. No final da tarde a prefeita se reuniu com os vereadores, assim como com os representantes da sociedade civil organizada, assim como do segmento de bares, restaurantes e eventos. Ouviu sugestões e ponderações, e, no final, ficou para segunda-feira a decisão. Portanto, neste final de semana nada muda.

 

O QUE MUDA?
Lockdown continua fora de cogitação. Mas outras medidas deverão ser adotadas de imediato, aumentando por exemplo o distanciamento entre as pessoas em filas, em mesas de bares e restaurantes, em supermercados etc. Poderão ser retomadas algumas regras de limitação do número de pessoas no interior das lojas e suspensa temporariamente a realização de eventos grandes, como carnaval e “esquenta de carnaval”. Porém, o setor de eventos deve apresentar na segunda-feira uma proposta para evitar novo lockdown do setor.

EMERGÊNCIA
No final da tarde cogitava-se a publicação de novo decreto declarando estado de calamidade pública em Uberaba, porque os números de casos de Covid não param de crescer, e ainda se misturam aos casos de gripe. Postinhos de saúde, as UPAs, os serviços de pronto atendimento dos hospitais e laboratórios estão superlotados de pessoas com sintomas de gripe.

PREOCUPANTE
Nesta sexta-feira, foram internadas 6 gestantes com Covid no Hospital de Clínicas. Há outras dezenas de casos de gestantes positivadas, o que levantou suspeitas sobre a relação entre essa nova variante, a ômicron, e a gestação. Por que tantas gestantes estão sendo contaminadas?

ME EMPRESTA AÍ!
Prefeitos da região recorreram à prefeita Elisa e ao secretário Sétimo Bóscolo Neto pedindo kits de testes Covid emprestados. Mas desta vez não conseguiram sensibilizar a prefeita. Uberaba tem testes suficientes para atender à população local. Se emprestar, nesse momento, pode correr o risco de deixar a população desguarnecida.

PACIENTE E COMPANHIA
Cerca de 200 profissionais de saúde estão contaminados com Covid ou padecendo com a gripe atualmente. Por conta das baixas no pessoal da linha de frente, o secretário Sétimo Bóscolo advertiu os prefeitos da região: caso mandem pacientes para Uberaba, devem mandar médico e enfermeiro juntos. Leito de hospital temos aqui, mas profissionais estão escassos neste momento.

ELETIVAS SUSPENSAS
Com mais de 30 médicos residentes contaminados por Covid, além de outros tantos profissionais da área de saúde, a Secretaria municipal de Saúde decidiu suspender temporariamente as cirurgias eletivas no Hospital de Clínicas. Já nos hospitais São Domingos, Mário Palmério e São Marcos as cirurgias continuam sendo realizadas normalmente.

MUDANÇA DE ESTRATÉGIA
A propósito, o Hospital Regional continuará sendo referência para internações de pacientes com Covid. Mas a primeira retaguarda passará a ser o Hospital de Clínicas. Já o Hospital Mário Palmério será preservado desta vez. Medida, segundo o secretário Sétimo Bóscolo Neto, visa dar sequência às cirurgias eletivas e, consequentemente, reduzir a fila de pacientes à espera da vez.

PRA FRENTE
Parece mentira, mas não é. Contribuinte que acessar o site da Prefeitura de Uberaba para emitir a guia de IPTU só terá êxito se for pagar a primeira parcela ou quota única no mês. Ou seja, se quiser emitir hoje a guia para pagamento à vista no dia 31 de março terá de esperar o mês de março para emitir a guia. Alô Codiub! Vamos andar pra frente? Hoje em dia qualquer pessoa consegue agendar seus compromissos financeiros nos sites dos bancos, com antecedência. Por que o IPTU em Uberaba quer ser diferente, seguindo um padrão ultrapassado?

PRA JÁ!
Embora tenha feito apenas o loteamento e comercializado os lotes do conjunto Alfredo Freire IV, o empresário Carlos Jreige firmou acordo com o governo Elisa para custear as obras do muro de arrimo que desabou esta semana com as fortes chuvas que caíram na cidade. De acordo com Jreige, ele assumiu essa responsabilidade para evitar que a demora prejudicasse ainda mais as famílias que tiveram suas casas parcialmente destruídas com o desabamento do muro. Mas, conta também que na época da construção, que foi feita por exigência da Caixa, ele aportou recursos financeiros para custeio do serviço, enquanto as várias construtoras que estavam erguendo casas no loteamento bancaram a mão-de-obra. A esta altura dos acontecimentos descobrir qual dessas construtoras ergueu o muro naquela parte que desabou seria quase impossível. Enfim, problema resolvido.

NINGUÉM VIU?
Ainda de acordo com Carlinhos Jreige, esse muro de arrimo foi erguido na época por exigência da Caixa. Como loteador, ele “rachou” os custos com as construtoras. Porém, o que chama a atenção no caso é que o muro certamente foi vistoriado pela Caixa. Quem terá atestado a segurança e a solidez da obra, na época? Será que vai ficar por isso mesmo e os fiscais não serão punidos? Afinal, para que servem os fiscais, senão para fiscalizar?

COMO ASSIM?
Sabe aquela parte do Alfredo Freire IV que foi abandonada pela construtora, depois de erguer parcialmente várias casas? Acredite, se quiser: o loteamento foi vendido por Carlos Jreige a uma construtora de Uberlândia. Essa construtora teria feito acordo “amigável” com a Caixa para “devolver” o conjunto habitacional no estado em que se encontrava, mas sem penalização alguma. Esse generoso acordo teria custado o cargo ao superintendente regional que o autorizou, principalmente porque a Caixa havia liberado mais de 90% do pagamento à construtora quando tudo aconteceu. Brasiiiiilllllll.

INTERDIÇÃO
É uma pena, mas o Parque das Barrigudas poderá ser interditado se a chuvarada persistir. Presidente da Codau, José Waldir de Sousa Filho, explica que a medida será adotada, caso necessária, por medida de segurança, para evitar que os galhos das paineiras caiam sobre as pessoas.

 

 

 

 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia