JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 19 de outubro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

LDO sai de pauta e vereadores gastam tempo da sessão legislativa com a falta d`água

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

21/09/2021 - 06:18:34. - Por Lídia Prata Última atualização: 21/09/2021 - 06:19:14.

SALTO DE BANDA
Faltava menos de duas horas para o início da sessão da Câmara desta segunda-feira quando a pauta foi retificada para excluir o item mais controvertido: a proposta de concessão da Medalha Major Eustáquio ao Presidente Jair Bolsonaro, de autoria do vereador Pastor Eloísio, e ao governador Romeu Zema, de autoria de Almir Silva. Acabaram restando apenas a votação do projeto de Refis da Codau e a LDO.

CHEGANDO JUNTO
Oficialmente a retirada da polêmica concessão da honraria ao Presidente da República e ao governador de Minas foi que os dois outros projetos em pauta demandariam muito tempo para discussão e votação, sobretudo em razão das emendas propostas pelos vereadores. Mas, nos bastidores, rolou a versão de que a motivação seriam os rumores de manifestação de protesto em frente à Câmara. Bem mais cedo já se falava que opositores ao governo Bolsonaro estavam se organizando pelas redes sociais para protestar contra a proposta de concessão da Medalha Major Eustáquio a ele. Mas não deu tempo de evitar a manifestação.

BAFAFÁ
Adivinhe o que aconteceu! Mais uma vez o vereador Pastor Eloísio enfrentou os manifestantes, num bate boca totalmente desnecessário. E mais uma vez ele também estava sem máscara, quando peitou os manifestantes e perguntou se eles não tinham serviço.

Vereador Pastor Eloísio (Foto/Jairo Chagas)


COMO ASSIM, PESSOAL?
Pela manhã, em entrevista à Rádio JM, o vereador Túlio Micheli questionou a inclusão desses requerimentos para concessão de homenagens na pauta da sessão da Câmara, ressaltando que logo depois daquele incidente com o Pastor Marco Feliciano os vereadores haviam deliberado não conceder mais qualquer homenagem este ano. “Não sei o que aconteceu de lá pra cá para mudarem de ideia” - frisou Túlio. Pelo visto, depois da sua entrevista, restabeleceu-se o bom senso por lá.

AOS PEDAÇOS
Ainda na entrevista à Rádio JM pela manhã, o vereador Túlio Micheli reclamou que os projetos do Executivo continuam chegando incompletos e com erros à Câmara. Mais tarde, durante a sessão, o vereador Marcos Jammal apontou erros de datas na Lei de Diretrizes Orçamentárias, o que inviabilizou a votação do projeto. O presidente Ismar Marão justificou que o projeto foi protocolado em maio, e com o atraso na votação por causa daquele imbróglio do Plano Plurianual (PPA), as datas da LDO não foram atualizadas. Resultado: o projeto foi sobrestado e vai voltar na quarta-feira para votação. Claro que tudo isso poderia ter sido evitado.

ROMBO GIGANTESCO
Enquanto nos preocupamos com racionamento de água, a Codau padece com a inadimplência galopante que assombra seu caixa. Veja a situação. Em 2005 eram meros 231 devedores de água e esgoto. Em 2019, antes da pandemia, eram 1.789 inadimplentes, segundo números oficiais da companhia. No ano passado a inadimplência explodiu, atingindo o inacreditável total de 22.680 consumidores. Pasme! Em 2021, que ainda está no seu 9º mês, a Codau já registra 66.797 consumidores em débito. O Refis da Codau vem justamente para tentar reduzir esse número assustador. Mas, uma coisa é certa: se a companhia não retomar os cortes, dificilmente conseguirá baixar a inadimplência. Em meio a muitos que estão realmente em situação de penúria há centenas de oportunistas.

PRA QUE???
A sessão da Câmara nesta segunda-feira virou palanque para os vereadores fazerem verdadeiro showmício sobre a falta de água em Uberaba. Quase duas horas de blablablá! Votação do projeto do Refis da Codau foi relegada a último plano, lamentavelmente.
Por que não votaram o Refis primeiro, deixando a verborragia para depois da votação? Francamente!

PRA ONTEM

Liderados pelo presidente do IEATM, Gilberto Barata esteve na captação de água do Rio Uberaba juntamente com engenheiros para checar in loco a situação da seca por lá. Segundo ele, uma alternativa emergencial seria fazer de imediato a transposição do Rio Araguari para o Rio Claro e de lá para o Rio Uberaba. No entanto, Barata admite que demandaria um tempo razoável para a licitação da obra, além de recursos para sua execução. Ou seja, até o que parece simples é bem complicado na prática.

CHEGA DE REMENDOS
Por outro lado, Gilberto Barata defende que Uberaba comece a pensar em solução definitivas para o abastecimento da cidade, como fez Uberlândia. Um bom projeto que seja executado independentemente de quem esteja no comando da Codau ou na cadeira de prefeito. Está coberto de razão.

A MELHOR
No sábado, em entrevista ao programa O Pingo do Jota, o engenheiro e ex-presidente da Codau José Elias Miziara destacou que Uberaba tem várias alternativas para abastecimento. Precisa, porém, escolher a que caiba no bolso do consumidor. Até lá, ele não descarta a perfuração de novos poços profundos para ajudar no abastecimento, até que a solução definitiva esteja pronta. Foi além, defendendo que a Codau tenha coragem de atacar um problema gravíssimo, que é a perda de 50% da água no trajeto entre a estação de tratamento e a casa dos consumidores. Lembrou que na época em que foi contratado o financiamento para executar o projeto Água Viva o Banco Mundial colocou como condicionante a obrigatoriedade de Uberaba combater esse desperdício. Mas pouco avançou. Uberaba continua com tubulação de 40, 50 anos atrás, que precisam ser trocados. “Mas é preciso ter coragem para rasgar as ruas sem se preocupar com as reclamações e as críticas da população” - arrematou.

UBERABA EM TODAS
Uberaba tem chances concretas de ter um desembargador no Tribunal de Justiça de Minas Gerais. O advogado, escritor e doutor em Direito Lúcio Delfino foi escolhido, por votação na sexta-feira, para compor a lista sêxtupla de advogados que concorrerão à vaga. Agora os nomes seguem para a Corte Superior do TJMG, quando serão escolhidos três nomes para a escolha final pelo governador Romeu Zema. Do interior de Minas, Lúcio é o único advogado a integrar a lista.


Da esquerda para a direita, a turma que prestigiou a votação de sexta-feira, na OAB, em BH: Gustavo, Ana Cristina, Simone Delalíbera, Helder Batista, Luiz Artur Correa, Eduardo Azank, Eduardo Jardim, e Danilo (Montes Claros), ladeando Lúcio Delfino

PFIZER PARA BAIXINHOS
A vacina da contra a COVID-19 foi considerada “segura” e bem “tolerada” por crianças de 5 a 11 anos, nas quais a dose adaptada gera uma resposta imunológica “robusta”. É o que diz um estudo anunciado nesta segunda-feira pelos laboratórios Pfizer BioNTech.

AVANÇOS
Novo lote de vacinas será entregue nesta terça-feira à Secretaria municipal de Saúde. A coordenadora da vacinação em Uberaba, Ana Vera Abdanur, anuncia a imunização para os jovens de 12 anos ou mais, com comorbidades, o que já é um alento. Doses de AstraZeneca estão chegando, também, para retomar a vacinação da segunda dose para aqueles que não conseguiram se imunizar na data anotada no cartão.



Ao levar o secretário municipal de Saúde, Sétimo Bóscolo Neto, para a inauguração do Pronto Socorro em Patrocínio, no sábado, a prefeita Elisa deu seu recado: não pretende substituí-lo tão cedo

EFEITO DOMINÓ
Não bastassem os problemas nacionais, temos de botar as barbas de molho com mais uma bomba que vem da China. Nesta segunda-feira, o grupo de construção chinês Evergrande levantou preocupações com um possível “alerta de quebradeira” no mundo. A empresa é a segunda maior da China, figurando entre as 500 maiores, segundo a revista Fortune, que reúne as maiores companhias do mundo em receita. Virou sinônimo de prosperidade por lá, com atuação também no mercado de veículos elétricos, comunicação, parque de diversões e tem até um time de futebol, o Guangzhou Evergrande. O problema é que ela tem mais de US$ 300 bilhões em débitos abertos, com juros rolando acima da capacidade de pagamento. A notícia desse insucesso gigantesco derrubou as Bolsas em todo o planeta, incluindo o Brasil.


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia