JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 03 de agosto de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Leitura do relatório da CEI começa com atraso e destaca irregularidades na vacinação

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

16/06/2021 - 20:05:31. Última atualização: 17/06/2021 - 19:55:56.

Sessão especial da Câmara para leitura do esperado relatório da CEI das Vacinas começou com mais de uma hora de atraso nesta quarta-feira. A abertura foi feita pelo presidente da CEI, Marcos Jammal, que destacou a ocorrência de irregularidades no processo de vacinação contra a Covid em Uberaba, lembrando que havia “pouca dose para muito braço”. E brincou: “É a tal história, se a farinha é pouca, meu pirão primeiro. Foi o que aconteceu aqui”. 

DIREITO AO ARREPENDIMENTO?

Rasguem os livros de Direito. Eles não valem mais nada. Pelo menos é esta a conclusão a que se chega, depois de ver o relator da Comissão Especial de Investigação das Vacinas apresentar um voto divergente do relatório que ele fez e assinou. Como assim? Ele diverge de si mesmo? Pois foi isso o aconteceu: o relator Professor Wander, antes conhecido pelo apelido de Lambão, apresentou um relatório paralelo ao relatório principal. Socorro!

IRREGULARIDADES

Voltando ao presidente Marcos Jammal, ele ainda destacou que foram identificados 3.011 nomes no relatório. “Sobre alguns temos a clara certeza de que estavam errados, assim como temos a certeza de crimes contra a administração pública” – disse o presidente da CEI. Jammal lamentou o óbito da esposa do vereador Varciel e do coordenador da campanha da vereadora Rochelle, Rodrigo Mateus. “Vidas poderiam ter sido poupadas, se tivessem sido vacinadas na época certa” – afirmou, lembrando que ainda teve fura-fila que se gabou da imunização, postando foto em redes sociais.

DIVISOR DE ÁGUAS

Além disso, Jammal ressaltou que depois da instalação da Comissão Especial de Investigação, o processo de vacinação mudou em Uberaba, adotando maior controle. Mesmo assim ele lamentou o que chamou de “excesso de zelo, de mãos, de exigências” para retardar a implantação do programa da Codiub para cadastro do público-alvo para vacinação e controle dos vacinados.  Esse fato, na avaliação de Jammal, acabou abrindo brechas a muitas atitudes que merecem ser esclarecidas via contraditório”.

ESSA MATEMÁTICA...

Dentre as incongruências levantadas em investigação, consta a divergência entre as informações publicadas no site da Prefeitura e aquelas constantes nas planilhas oficiais encaminhadas à CEI. Em janeiro, por exemplo, 2.549 doses foram aplicadas, de acordo com informações no site da PMU. Mas, na planilha, foram informados apenas 2.538 à CEI. Teve mais: segundo o relatório da CEI, o Município não observou notas técnicas do Ministério da Saúde, atrasando substancialmente a vacinação de alguns grupos.

SEM PERSEGUIÇÃO

Por último, frisou que a CEI trabalhou com o objetivo de esclarecer os fatos, sem perseguição a quem quer que seja. Mas os três membros da Comissão podem se preparar para reações adversas daqueles apontados no relatório como fura-filas…

NOITE ADENTRO

ÀS 19h50 foi feita a primeira pausa na leitura. E só haviam sido lidas 80 das 306 páginas do relatório...Aí entrou uma banda de rock para agitar  o intervalo das transmissões pelo YouTube. 

FILÔMETRO DA VACINA

Queixas e mais queixas contra as filas intermináveis na Funel para imunização contra a Covid tem uma explicação: segundo a coordenadora Ana Vera Abdanur, as pessoas estão madrugando na fila para serem vacinadas na parte da manhã. No entanto, no período da tarde os postos de vacinação estão vazios. Nesta quarta-feira, por exemplo, foi preciso distribuir senhas e mandar os excedentes de volta pra casa, o que gerou uma chiadeira danada.

EFEITO COMPLICADOR

Ana Vera descarta a possibilidade de abertura de novos postos de vacinação, explicando que quando isso acontece, é preciso dividir as equipes de vacinação. Já, ao contrário, concentrando as equipes fica mais ágil o atendimento ao público-alvo.

NO PÓDIUM

Uberaba é a 3ª colocada dentre as maiores cidades mineiras no ranking da vacinação contra Covid-19, com aplicação da primeira dose. Das 156.944 doses recebidas, 131.940 foram aplicadas, sendo 93.759 na primeira dose e 38.181, na 2ª dose. O Município fica atrás apenas de Belo Horizonte e Juiz de Fora. O comparativo foi feito com base nos vacinômetros divulgados pelos municípios, nesta terça-feira.  A média de vacinação é 27,81%, acima da média de Minas Gerais que é de 25,87% e do Brasil, que é de 26,88%.

PORTA ARROMBADA

Multiplicação dos casos de Covid no Mercado Municipal acendeu a luz amarela na Secretaria de Agricultura para tomar medidas efetivas de controle da pandemia. Veja a situação: no começo do ano houve rigor no controle de acesso de consumidores, assim como distanciamento, higienização do local, dentre outras medidas. Mas, nas últimas semanas tornaram-se frequentes as denúncias de negligência em relação às regras de segurança. Não deu outra: a Covid chegou a um dos boxes e contaminou permissionário e funcionários. Outros contactantes identificados estão sendo monitorados desde então. Mas e os clientes que foram atendidos lá? Só Deus sabe se também foram contaminados ou não.

ATITUDE

Na tarde desta quarta-feira, o prédio do Mercadão fechou as portas mais cedo para passar por sanitização interna e, a partir de agora, o secretário José Geraldo Celani garante que a fiscalização será mais rigorosa. O interessante é que o Decreto municipal da Covid obriga iniciativa privada e órgãos do Poder Público a adotarem uma série de medidas de contenção da pandemia. Mas, algumas dessas medidas ainda não foram adotadas pela Secretaria municipal de Agricultura no  Mercado Municipal, conforme revelou o secretário celani. Pra se ter uma ideia, ele contou que o termômetro quebrou, não foi substituído e só agora está sendo providenciado outro. Da mesma forma, só agora vão voltar a restringir o acesso de pessoas ao Mercado a uma entrada exclusiva.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia