JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 21 de junho de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Novo decreto vai exigir informação imediata de casos de Covid nas empresas

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

12/05/2021 - 06:32:07. Última atualização: 12/05/2021 - 10:19:47.

Novo decreto com regras para o enfrentamento à pandemia será publicado no Porta Voz desta quarta-feira. Dentre as novas medidas que serão acrescentadas às que já constam no Decreto 481 estará a obrigatoriedade das empresas comunicarem imediatamente à Prefeitura todos os casos de colaboradores com testes positivos para Covid.

COMO VAI FUNCIONAR
A prefeita Elisa adianta que as empresas não serão obrigadas a testar todos os seus colaboradores. Haverá apenas uma sugestão para o que façam, sempre que houver caso de Covid confirmado em seus quadros funcionais. A obrigação será de informar imediatamente à Secretaria Municipal de Saúde os casos positivos. A partir dessas informações, será feito um mapeamento e monitoramento pela Secretaria Municipal de Saúde.

MÃOS DADAS
Embora a Prefeitura tenha adquirido um volume considerável de testes, eles são insuficientes para a testagem em massa da população. Afinal, são 60 mil testes, contra uma população de mais de 330 mil habitantes. “Certamente a Secretaria de Saúde não terá braço para tudo. Mas, com o objetivo de fazermos a testagem em massa e entendendo que muitas empresas estão fragilizadas financeiramente neste momento, nós fizemos contato com empresas maiores, com o objetivo de pedir o apoio financeiro e o aporte de testes. É uma espécie de Lei Robin Hood, para que as empresas pequenas possam ser ajudadas pelas empresas grandes” - explica a prefeita.

NOVA FASE
Paralelamente, a Prefeitura deve fazer uma série de testes aleatórios, com o objetivo de tirar de circulação os infectados assintomáticos. Esses têm sido o maior desafio, porque não apresentam sintomas, mas transmitem o vírus, e contaminam outras pessoas. Por sugestão do presidente do Sinhores, Fred Massom, alguns desses testes serão feitos em frequentadores de bares e restaurantes de Uberaba. Outro ponto que pode ser considerado, também, é o Mercado Municipal, especialmente nos fins de semana, quando recebe maior fluxo de consumidores.

FAKE NEWS
Ao contrário do que foi divulgado em redes sociais, o supermercado LS Guarato não foi lacrado pela Vigilância Sanitária por conta de surto de Covid. De fato, 6 colaboradores estão atualmente com Covid, de um total de 330, segundo nota oficial distribuída nesta terça-feira à tarde pelo próprio supermercado. Informações extraoficiais, no entanto, dão conta de que o Guarato afastou 21 colaboradores que tiveram contato direto com os contaminados. Esses vão cumprir quarentena.

SANITIZAÇÃO RIGOROSA
Antes desses 6 casos positivos atuais, o supermercado LS Guarato já havia registrado outros 10 casos, em abril, segundo informações extraoficiais. Todos esses estão curados e não representam mais risco. Até onde se sabe, na segunda-feira a Vigilância Sanitária esteve no estabelecimento, orientando sobre as medidas de sanitização mais rigorosas a serem adotadas e ontem voltou para conferir se as providências haviam sido tomadas. O supermercado foi orientado a melhorar a higienização de aparelhos de ar condicionado, dos carrinhos de compra e dos produtos nas gôndolas, assim como manter um controle efetivo do distanciamento entre os clientes no interior do estabelecimento.

MAIS UM
Loja de eletrodomésticos localizada no Calçadão também passou por surto de Covid entre seus funcionários na semana anterior ao Dia das Mães. Segundo informações, a Vigilância Sanitária também esteve lá, prestou orientação sobre a necessidade de sanitização do imóvel (o que teria sido feito de madrugada, segundo apurou esta coluna) e está monitorando os demais colaboradores, para evitar a disseminação do vírus.

GREVE CONTINUA
Greve dos motoristas do transporte coletivo vai entrar no segundo dia, sem perspectiva de atendimento à demanda que alicerça o movimento paredista. Prefeita Elisa já adiantou que a priorização dos motoristas para vacinação contra Covid depende exclusivamente de segurança jurídica.

NO PAREDÃO

Familiares do Padre Selmo Mazeto, vitimado pela Covid recentemente, divulgaram uma nota de repúdio nas redes sociais, desmentindo declarações do Arcebispo Metropolitano. Segundo a nota, a contaminação do Padre Selmo não ocorreu em festa familiar. E desafiam Dom Paulo Mendes Peixoto a dizer de onde ele teria tirado “tal informação descabida”.

MERO EQUÍVOCO
Agora à noite, a Arquidiocese respondeu, em nota, que “a intenção do Arcebispo era alertar que o referido sacerdote provavelmente não havia se contaminado na Igreja, ao celebrar a Santa Missa, pois era extremamente precavido e cuidadoso, e nem nos hospitais em que era capelão, já que as visitas hospitalares foram suspensas em março de 2020, para evitar o contágio”. Diz ainda: “Padre Selmo, no entanto, teve contato com seus irmãos, que estavam em isolamento social porque foram contaminados através do exercício do trabalho (e não em reunião familiar), justamente para dar suporte e auxiliá-los durante a enfermidade, sendo assim sua provável forma de contaminação. O Arcebispo já entrou em contato com um dos membros da família, reconhecendo seu erro, pedindo desculpas e esclarecendo todos os demais equívocos”.

DIA RUIM
A semana não começou bem para a Igreja Católica em Uberaba. Outdoors espalhados pela cidade, assinados por um movimento “Católicos pela Verdade”, também estampam mensagem de repúdio ao polêmico Manifesto pela Vida, divulgado na semana passada pela Arquidiocese.

DE SEGUNDA
Nova remessa de vacinas que a Superintendência Regional de Saúde entrega a Uberaba nesta quarta-feira só irá contemplar quem já tomou a primeira dose, tanto idosos, quanto trabalhadores da saúde. O lote contém 470 doses de CoronaVac e 6.650 doses da AstraZeneca.

MAIS B.O.
Difícil saber ao certo o volume de ocorrências policiais pelo mesmo motivo já registrados nos últimos meses em Uberaba. Esta semana, uma enfermeira acionou a Polícia Militar para registrar que a maca usada para transferência de paciente da UPA do Mirante ficou retida no Hospital de Clínicas por dois dias. Segundo a enfermeira, essa não foi a primeira vez que o fato ocorreu, dificultando o atendimento a outros pacientes na UPA do Mirante.

RETENÇÃO INDEVIDA
Por incrível que pareça, a gestão tanto das UPAs quanto do Hospital de Clínicas é feita pela mesma FUNEPU/UFTM. Quando a enfermeira da UPA registra um BO deixa a nítida impressão de que seus colegas do HC retêm as macas para evitar a transferência de novos pacientes.

VERSÃO OFICIAL
Acionada, a assessoria de comunicação da Fundação explicou que “mantém um constante diálogo com a Secretaria municipal de Saúde, a fim de solucionar a situação dos equipamentos oriundos das UPAS, que ficam retidos. É de praxe a Fundação fazer o registro de ocorrência policial, uma vez que estes equipamentos são de uso público e precisam ter sua guarda garantida”.
Na verdade, cabe ao Município fazer a gestão do que entra e, no caso, não sai.Esse gargalo precisa ser superado.

BAIRRISMO
Sob os protestos do ex-deputado estadual Tony Carlos, tomou posse na Câmara Municipal de Uberlândia o novo comando do 8º Batalhão de Bombeiros Militar, de Uberaba. Acredite, se quiser: o comandante dos Bombeiros em Uberaba assumiu o cargo em Uberlândia, nesta terça-feira. Indignado, Tony disparou: “Mesmo sendo em formato virtual, nada justifica a realização da cerimônia de transmissão do comando lá em Uberlândia. Poderia ser qualquer outro lugar, menos Uberlândia”. Tecendo os maiores e merecidos elogios ao comandante promovido para Belo Horizonte, Tony arrematou, coberto de razão: “O tenente Coronel Anderson Passos marcou época em Uberaba. Vai deixar saudade entre nós”.


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia