JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 21 de junho de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Manifesto da Igreja Católica pró-lockdown provoca reações

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

05/05/2021 - 20:47:04. Última atualização: 05/05/2021 - 21:07:15.

Manifesto da Arquidiocese de Uberaba, publicado na edição do Jornal da Manhã desta quarta-feira, dividiu opiniões. Houve quem aprovasse a defesa do lockdown rigoroso feita pela Igreja católica, mas muitas outras pessoas criticaram a intromissão dos padres nesta questão. Particularmente acho que todos os setores da comunidade devem opinar, sim. Têm direito a voz. Mas o que causou estranheza foram o conteúdo do manifesto e a forma como a Igreja se expressou, dando a entender que a prefeita Elisa é negacionista. Talvez a Igreja tivesse dado uma colaboração maior, se tivesse levado a ela a sua preocupação, deixando clara sua posição e apresentando sugestões para o enfrentamento à pandemia.  

EM FESTAS

Em entrevista ao programa O Pingo do Jota, da Rádio JM FM, o bispo Paulo Mendes Peixoto admitiu que talvez tenha mesmo sido “um pouco apressada” a divulgação do manifesto, em vez de tentar primeiro um diálogo franco com a prefeita. Admitiu também que dois dos padres da Arquidiocese que foram vitimados pela Covid contraíram o vírus em festas. Segundo ele, o Padre Carlos Alexandre teria sido contaminado num jantar de despedida a ele oferecido em Sacramento, que teve mais pessoas infectadas. Já o Padre Celmo Mazeto  teria sido contaminado numa festa familiar, com registro de outros parentes com Covid posteriormente.

APOIO DE PESO

Entidades de classe que integram a Sociedade Civil Organizada estão divulgando no Jornal da Manhã desta quinta-feira um manifesto de apoio ao trabalho e à vida, com responsabilidade. No texto, as entidades reconhecem o esforço do Poder Público no enfrentamento à pandemia, mas rechaçam a ideia de lockdown. Onde essa medida extrema foi adotada, os resultados foram temporários e ilusórios, uma vez que logo depois veio nova onda mais violenta da Covid - frisa o texto. Além disso, a SCO defende uma fiscalização mais rigorosa das medidas restritivas, destacando que o setor produtivo (comércio, indústria e serviços) não é o vilão da Covid. Mesmo quando os setores da economia sofreram fortes limitações de funcionamento, os casos da doença continuaram aumentando na cidade. 

PREJUÍZOS IRRECUPERÁVEIS

A nota da SCO ressalta, ainda, que “as restrições ao funcionamento do comércio na cidade há alguns meses atrás geraram prejuízos irrecuperáveis às empresas e impactaram diretamente na economia e no aumento do desemprego”. 

 

SETORES ESSENCIAIS

Coincidentemente, a Aciu colocou um banner enorme na sua fachada, em plena avenida Leopoldino de Oliveira, onde se lê: “O comércio, a indústria e os serviços são essenciais para a economia local, para a manutenção dos empregos, para a manutenção dos serviços públicos, pagos com a arrecadação dos impostos das empresas”.

FORA DE COGITAÇÃO

Presidente da CDL/Uberaba também reagiu pessoalmente ao manifesto da Igreja, reforçando mais uma vez: “Sou totalmente contra lockdown. Já ficou provado que isso não resolve o problema. Precisamos é de conscientizar a população para que fique dentro de casa, mantenha as mesmas regras que o comércio vem cumprindo”. 

 

RESPONSABILIDADE

No instagram, a empresária Taciana Afonso postou: “Não se omita, nem se intimide. Se você é a favor do trabalho e da vida, manifeste-se. Uberaba precisa de você! Ser responsável é dever de todo cidadão de bem, seja com a educação dos seus filhos, a saúde da sua família e o sustento da sua casa. Seguindo as regras básicas de higiene, como lavar as mãos, utilizar máscara e manter o distanciamento nos possibilita viver uma vida próxima do normal, até que tudo isso se resolva. #euapoioaaberturacomresponsabilidade”. Esta é uma das muitas reações ao Manifesto da Igreja, postadas nas redes sociais desta quarta-feira. Pois é. Se todos tiverem responsabilidade e consciência, inclusive os padres, não será necessário fechar tudo para conter a explosão de casos de Covid em Uberaba.

SUGESTÕES

Na opinião do médico Fabiano Hueb, um dos voluntários do programa de Telemedicina que a Prefeitura está oferecendo aos pacientes com suspeita de Covid, há outras formas de enfrentar a pandemia, sem precisar fechar tudo. Cita, por exemplo, a restrição à venda de bebida alcoólica; controle de entrada de pessoas nos estabelecimentos e fiscalização rigorosa. “Colocar todo mundo dentro de casa agora pode não dar certo. As pessoas estão se contaminando em casa, em reuniões de família e confraternizações. Você não ouve falar de contaminação no trabalho. Não existe nenhum surto em lugar algum (leia-se empresa)” - destaca o médico.

VENTO EM POPA

A propósito, em três dias foram atendidas diretamente 129 pessoas no serviço de Telemedicina. Considerando que os médicos também estão atendendo as pessoas que residem na mesma casa dos pacientes com suspeita de Covid, o total de atendimentos pode ultrapassar 387 pessoas em apenas três dias. Isso significa 387 pessoas a menos nas portas das UPAS. Vale destacar que o serviço de Telemedicina é bancado pela SCO, sem ônus para os cofres públicos. 

 

ABUSOU, DANÇOU

Foi tanto abuso por parte das pessoas no Calçadão, que a Prefeitura não teve escolha: agora à noite está retirando os bancos novamente. Com os números de novos contaminados que temos, não é possível que as pessoas não entendam que não é hora de sentar em banco de praça para bater papo com os colegas. Francamente!

VAMOS VACINAR?

Sabe quantas vacinas da AstraZeneca vieram para Uberaba esta semana?  Nada menos do que 19.250 doses. Primeiro chegaram 8.520 e hoje serão entregues mais 10.730 doses. Este volume é considerado suficiente para garantir a imunização de todas as pessoas com 60 anos e mais, e iniciar a vacinação de gestantes, puérperas e pessoas com comorbidades. Mas, atenção: a coordenadora de vacinação da Secretaria municipal de Saúde, Ana Vera Abdanur, explica que o enquadramento do público-alvo portador de comorbidades terá de seguir as regras do Ministério da Saúde. 

AGORA VAI

Se tudo der certo, até sexta-feira termina a vacinação do grupo de pessoas com 62 anos, ficando para sábado, domingo e segunda a imunização da faixa de 61 anos. Em não havendo mudança nas expectativas, a turma da faixa de 60 anos será vacinada a partir de terça-feira até quinta, dia 13.  Há possibilidade de dividir os grupos para vacinação, ficando as gestantes e os portadores de comorbidades para receber a dose em unidades básicas de saúde, paralelamente à vacinação dos idosos nos drives já conhecidos. Esse é o esquema mais provável, mas a palavra final deve ser dada hoje ou amanhã segundo Ana Vera, que também não vê a hora de acelerar o processo de imunização em Uberaba. 

É HOJE!

Pelo sistema de drive thru, a 71ª edição da JM Magazine será lançada nesta quinta-feira, às 18h, na avenida Santos Dumont 1.171, endereço do escritório do empreendimento Kanoah Home Resort, em Uberaba. O imóvel fica em frente à Guimarães Máquinas, pertinho da esquina com a rua da Medalha Milagrosa, no sentido bairro/centro. Ali será montado o drive, por onde os convidados passarão, sem descer do carro, para receber o seu exemplar da revista. Todos os exemplares serão entregues embalados e lacrados, acompanhados de um mini frasco de álcool gel, como é costume da revista, desde que a pandemia começou. Tudo feito com muita atenção, seguindo todas as regras de biossegurança. 

SAIBA MAIS

Capa desta edição da revista, o empresário ribeirãopretano Amir Choaib vai detalhar o empreendimento náutico Kanoah Home Resort em entrevista exclusiva ao programa O Pingo do Jota desta quinta-feira. Não perca! 

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia