JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 18 de maio de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Atendimento Covid por telemedicina deve começar em maio

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

23/04/2021 - 21:41:23. Última atualização: 23/04/2021 - 21:56:43.

Deve entrar em operação no início de maio o atendimento Covid por telemedicina em Uberaba. O médico Fabiano Hueb de Menezes é um dos coordenadores do grupo de 60 médicos voluntários que vão doar seus serviços ao atendimento a pacientes Covid por esse sistema. Em entrevista ao programa O Pingo do Jota desta sexta-feira, ele revelou que o atendimento será feito exclusivamente a pacientes com sintomas de Covid. As atendentes serão treinadas para identificar os casos e, a partir daí, encaminhar os pacientes para o atendimento médico por videochamada. Além das orientações e do acolhimento inicial, esses pacientes serão acompanhados diariamente. A intenção é aliviar as UBSs e as UPAs, e, ao mesmo tempo, fazer o monitoramento dos casos.

O QUE VALE?

“Nessa doença não existe verdade absoluta” - adverte Fabiano Hueb. Ele é um dos defensores do uso de medicamentos reposicionados pelos pacientes, assim que aparecem os primeiros sintomas da doença. Segundo ele, esses medicamentos podem diminuir a inflamação causada pelo vírus e evitar o agravamento do quadro em muitos casos. “Ninguém está falando em tratamento milagroso. Estamos falando em tratamento inicial para atacar o vírus o quanto antes” - frisa Fabiano

TRATAMENTO INICIAL

São 20 a 30 drogas que compõem essa lista de medicamentos chamados de reposicionados. A Ivermectina é uma delas. Zinco, para ajudar a fortalecer o organismo, e Vitamina D, na dosagem certa, são igualmente usados. Paralelamente, Fabiano Hueb defende a realização de exames de sangue e tomografia, no 5º ou 6ª dia da doença, para o acompanhamento da evolução da doença, e avaliação da eficácia da medicação no organismo. Esse tratamento tem no infectologista brasileiro Roberto Zeballos um de seus maiores defensores.

SINTOMAS DIFERENTES

Não apenas a idade dos pacientes com Covid tem mudado, como também os sintomas iniciais. Nesta segunda onda da pandemia, Fabiano Hueb conta que as principais queixas dos pacientes referem-se a dores nas costas e garganta, além de fraqueza. Por isso, ele alerta: “Sentiu esses sintomas, procure imediatamente um médico para começar rapidamente o tratamento. O que leva os pacientes ao óbito, na maioria dos casos, é a demora em iniciar o tratamento”.  

BAIXAS NA IGREJA

Mais uma vítima da Covid no clero. Faleceu nesta sexta-feira o Padre Jaime Ribeiro da Silva, pároco da Igreja Santa Maria dos Anjos, em Delta. Padre Jaime foi a terceira vítima fatal do coronavírus na Arquidiocese de Uberaba.

DIA DE DOR

Também foi um dia de sofrimento para o mundo jurídico de Uberaba, com o falecimento precoce do advogado criminalista José Henrique Oliveira Natale. Perda muito sentida pelos familiares e pelos seus incontáveis amigos. Nossos sentimentos às famílias enlutadas!

PARA INVESTIGAR

Boletim Covid desta sexta-feira traz mais um óbito intrigante, o de uma mulher de 98 anos, que ficou internada por 24 dias. Teoricamente, pela idade, ela já deveria ter tomado as duas doses da vacina…

ÓBITOS

Hoje foram mais 9 óbitos, tanto em Uberaba quanto em Uberlândia. Aqui,  duas vítimas estavam na faixa dos 30 anos. Uma delas, de 38 anos, ficou 35 dias hospitalizada.  O outro, de 36 anos, lutou contra a Covid por menos tempo: 11 dias. Mas duas das vítimas, sendo uma de 58 anos e outra de 60 anos, faleceram dois dias depois de serem hospitalizadas.

EM QUEDA

Hoje foram registrados 224 novos casos de infecção pelo Covid, em 24 horas, em Uberaba. Já em Uberlândia, o número de novos infectados caiu para 204.  

MAIS VACINAS

Mudança no esquema de distribuição de vacinas contra Covid. Novo carregamento deve chegar em Uberaba, na segunda-feira. Sim. Desta vez as doses virão em voo da Azul, com chegada prevista para às 14h35min no aeroporto local.  Muito embora não haja informação oficial sobre quantitativo de doses para Uberaba, é certo que as vacinas serão usadas para continuidade da imunização dos idosos de 60 a 64 anos e talvez avançar um pouco mais. 

NA FRENTE

Enquanto isso, Belo Horizonte vacina, neste sábado, os trabalhadores da saúde com 39 anos ou mais. Isso mesmo. Para esse público, a exigência de comprovantes é maior. Além de RG, será necessário apresentar registro no conselho profissional e na Carteira de Trabalho, contracheque dos últimos 3 meses ou declaração de Imposto de Renda de 2020, ou contrato de trabalho. Pois é. Depois de tantos fura-filas, chega a ser um exagero exigir tantos documentos dos profissionais de saúde a esta altura do campeonato. 

PELO VOTO

“O aperfeiçoamento da democracia deve sempre ser um instrumento defendido por todas as instituições e, nesse sentido, através de eleições diretas, devemos recuperar a credibilidade e robustez econômica e administrativa do IPSERV”. Posição é da vereadora Lu Fachinelli, que recentemente pediu ao governo municipal que estabeleça critérios para eleições democráticas e livres no Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais, em vez de indicações políticas ou setoriais.

PELO VOTO 2

“Manifestei  em campanha em 2020, amparada pelos apelos dos servidores , que independente do prefeito eleito o presidente do Ipserv deveria ser escolhido a partir de lista tríplice, a critério do funcionalismo e não pelos sindicatos”  - reforça a vereadora. De acordo com Lu Fachinelli, nem todos os servidores são sindicalizados, mas os servidores estatutários contribuem para o Ipserv. Além disso, ela pondera que a eleição para conselheiros é direta, e, portanto, a eleição para presidência do instituto deve seguir mesma regra. “Nenhum sindicato ouviu o funcionalismo ou mesmo seus filiados através de assembleia para a escolha” - denuncia a parlamentar, reforçando que “a posição dos sindicatos só representa a escolha do funcionalismo quando aprovada em assembleia.” E dispara:  “quem mudou a regra do jogo e dos seus estatutos foram os sindicatos.”

ALÔ, ALÔ!

Prefeitura está negociando a solução para a comunicação telefônica com a Secretaria de Desenvolvimento Social, onde existe apenas um telefone, sem direito a ramais. Segundo o vice-prefeito Professor Moacyr Lopes, não só a Seds, mas também as UBSs do Rio de Janeiro e da Capelinha não possuem telefone e a Prefeitura não conseguiu a ligação porque havia cerca de R$ 500 mil de débito com a empresa de telefonia, além de outros R$ 300 mil em contas de energia. Esta semana foram quitadas. “Foi a maior dificuldade em pagar porque, como eram débitos do ano passado, tivemos de remanejar o orçamento de 2021 para poder quitá-los” - revela Moacyr.

MAIS CONTAS

O vice-prefeito reclama, ainda, do montante dos débitos herdados pelo governo Elisa. “As contas deixadas pela gestão passada foram muito maiores do que foi informado na transição. Falaram em R$ 28 milhões, mas já apuramos cerca de R$ 133 milhões em restos a pagar. Só da capina e poda eram 3 faturas em atraso, o que prejudicou esses serviços em janeiro e fevereiro” - afirma.

FOGO!!!!

Por falar em capina, a Secretaria de Serviços Urbanos precisa urgentemente voltar suas atenções para a Univerdecidade, no trecho próximo ao prédio do Centro de Inovação. É um perigo deixar o mato alto em área que é freguesa de incêndios todos os anos…

 


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia