JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 10 de abril de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Uberaba escapa por pouco do lockdown imposto pelo Estado

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

03/03/2021 - 18:45:21. Última atualização: 03/03/2021 - 18:51:41.

Foi por muito pouco que Uberaba escapou do enquadramento na fase “roxa” anunciada nesta quarta-feira pelo governo do Estado. Apenas as regiões do Triângulo Norte e Noroeste de Minas foram enquadradas nessa primeira etapa. Mas o governador Zema deixou claro que o Triângulo Sul, capitaneado por Uberaba, será monitorado diariamente, pois está na onda vermelha, caminhando para a roxa. Zema explicou ainda que a criação da onda roxa é diferente das demais. “Não é mais opcional. A adesão dos municípios é impositiva, porque estamos falando do colapso da rede de saúde na região. Inicialmente será adotada nas regiões Noroeste e Triângulo Norte, e vão ficar em observação diária as regiões do Triângulo Sul, Norte e Leste do Sul, que estão na zona vermelha, caminhando para a roxa”.

ESTADO CRÍTICO 

Na entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, o governador Romeu Zema deixou claro que não adianta as sedes das macrorregiões adotarem medidas restritivas municipais se a vizinhança não seguir a mesma linha de atuação. Destacou, também, que “não há mais médicos para atender à população, e os que estão trabalhando, com sobrecarga há um ano, estão à beira da exaustão. Não adianta aumentarmos a estrutura física dos hospitais. Já fizemos vários chamamentos de profissionais, sem sucesso”. 

ONDA ROXA

O governador explicou, também, que Uberlândia e Patos de Minas tomaram medidas duras, mas não foram suficientes, porque as cidades no entorno continuam enviando pacientes para lá, sobrecarregando a rede hospitalar de ambas. “Não podemos manter o que é agradável para alguns e assistir a cenas de horror em outros municípios, como pessoas chegando com falta de ar nos hospitais e não poderem ser atendidas” - destacou Zema.  A medida será temporária, valendo por 15 dias, para tentar restabelecer a capacidade da rede hospitalar de cada região. 

QUARENTENA BRAVA

Além de manter os protocolos mais restritivos do Minas Consciente, a onda roxa impõe a suspensão das cirurgias eletivas e restrição de circulação em casos de atividades não essenciais. Isso significa que as pessoas só poderão sair de casa em caso de extrema necessidade. O toque de recolher passa a valer a partir das 20 até às 5h. Estão proibidas também as  reuniões presenciais, inclusive de familiares que não coabitam o mesmo imóvel, e as barreiras sanitárias passam a ser obrigatórias. Somente poderão funcionar os setores de alimentos (excluídos os bares e restaurantes, que só podem atender por delivery), de saúde, agências bancárias e indústrias que produzem para os setores considerados essenciais. Tem mais: haverá restrição para a circulação de ônibus também.

BARREIRAS JÁ

Vereadora Denise Max vem defendendo a adoção de medidas complementares de enfrentamento à pandemia em Uberaba, a exemplo do que vêm fazendo outros tantos municípios brasileiros. Em Porto Feliz, por exemplo, a Prefeitura limitou a 3 o número de entradas da cidade e  instalou barreiras sanitárias em cada uma delas, além de adotar uma rotina de desinfecção diária  nos pontos de maior fluxo de pessoas. Além disso, focos de contaminação, como portas, janelas, bancos, e outros estão sendo higienizados. Também o município de Piedade está lavando diariamente os espaços públicos, pontos de ônibus, calçadão, ruas de acesso aos ambulatórios, às unidades de saúde e aos hospitais, duas vezes ao dia. A Codau tem o Migão, que pode perfeitamente atuar nesses serviços, sobretudo nas áreas de maior movimento de pessoas, e, com isso, antecipar as medidas preventivas antes que Uberaba caia na onda roxa também.

CORRENDO CONTRA O TEMPO

Nas suas redes sociais, o prefeito Odelmo Leão anunciou outras medidas, diante dessa situação dramática vivida por Uberlândia. Veja: “Determinei ao Secretário Municipal de Finanças a prorrogação do vencimento de taxas referentes às atividades econômicas, em razão do forte impacto da pandemia. Taxas de localização de funcionamento, publicidade, uso e ocupação de solo (caçamba, mesas, cadeiras), comércio ambulante, entre outras, serão prorrogadas. Aquelas que teriam a primeira ou única parcela com vencimento em março, vencerão em junho. As que teriam a segunda parcela com vencimento em julho passam a vencer em setembro. Seguimos buscando alternativas para superarmos esse momento, obedecendo a lei e sem prejudicarmos a oferta de prestação de serviços públicos”.

VENHA, VACINA!

Mais 285.200 doses de vacina desembarcaram no aeroporto de Confins na manhã desta quarta-feira para distribuição aos municípios mineiros. Pra variar, ainda não se sabe o quantitativo que virá para Uberaba, mas é certo que provavelmente na semana que vem os idosos na faixa dos 80 a 84 anos poderão ser vacinados, se chegarem doses suficientes. 

VAI COMPRAR?

Vereador Marcos Jammal entregou à prefeita Elisa ofício assinado por TODOS os vereadores, solicitando a adesão de Uberaba ao consórcio de municípios liderado pela Frente Nacional de Prefeitos, visando à compra de vacinas contra a Covid. O prazo para a adesão vence nesta sexta-feira, dia 5, e o passo seguinte será o envio de projeto de lei à Câmara Municipal para autorizar o município a fazer a compra internacional. Porém, com tantos vereadores já declaradamente favoráveis à iniciativa, a prefeita não terá dificuldade alguma em aprovar esse projeto. “Precisamos buscar todos os mecanismos que visem imunizar a população, pois esta é a única forma de salvar vidas, empresas e empregos” - frisa Jammal. Segundo ele, a prefeita acenou positivamente no sentido de inclusão de Uberaba na iniciativa da Frente Nacional de Prefeitos, mas a questão ainda está sendo analisada pela Prefeitura. O documento foi apresentado pela secretária adjunta de Saúde, Fabiana Prado, que participou da videoconferência da FNP na segunda-feira, representando Uberaba.  

DE FORA

Ao contrário do noticiado por esta coluna no sábado, Uberaba não renovou o credenciamento na Frente Nacional de Prefeitos, por medida de economia. O custo, segundo a secretária de Governo, Indiara Ferreira, é de R$ 108 mil por ano, contra R$ 34 mil anuais pagos à Confederação Nacional dos Municípios, pela qual Uberaba optou. Aliás, enquanto a Frente de Prefeitos se preocupa e mobiliza os gestores públicos para a compra de vacinas no exterior, a Confederação dos Municípios está preocupada com a eleição interna para renovação de diretoria, no dia 11...

NA FRENTE

Além de Belo Horizonte, Uberlândia, Araxá, Contagem, Juiz de Fora, Ituiutaba, Ubá, Patos de Minas e Santa Luzia saíram na frente e já aderiram ao consórcio de municípios para a compra das vacinas contra Covid no exterior. 

POR QUE NÃO?

Deputado estadual Heli Grilo está inconformado com a não inclusão da área de influência de Uberaba na onde roxa, ainda. Ele diz que não dá para esperar mais, porque Uberaba é referência no atendimento para municípios da região Triângulo Sul e permanecerá na onda vermelha, que é mais branda, mesmo atingindo mais de 90% de ocupação dos leitos particulares de UTI Covid. Ele defende que o Triângulo Sul seja imediatamente incluído na onda roxa, para evitar que se repita aqui o horror que está acontecendo em Uberlândia. 

DESABAFO

Num grupo de whatsapp, a prefeita Elisa respondeu às críticas sobre as medidas restritivas impostas pelo município para o enfrentamento à pandemia. “Uns querem abrir, outros querem fechar. Os nossos profissionais da saúde estão vivendo dias exaustivos, salvando vidas. Tivemos mais de 350 óbitos, muitas famílias assoladas pela pandemia. Tivemos muitos CNPJs também assolados pela pandemia. Famílias inteiras que dependem dos seus negócios para sobreviver. Não são dias fáceis para ninguém. A única solução para evitar contaminação é VOCÊ, sou EU… Posso fazer lockdown, posso abrir tudo… se não houver conscientização não vamos passar essa fase e nem as próximas. Lidamos com o comportamento das pessoas....e são elas que vão determinar onde vamos parar. Não adianta colocar culpa na Prefeita ou em quem quer que seja. Todas as medidas tomadas até o momento foram de acordo com ações adotadas por cidades semelhantes à nossa e baseadas em estudos técnicos científicos. Espero sinceramente que possamos sair da pandemia mais humanos e solidários, porque quando eu faço a minha parte, eu salvo a minha vida sim, mas salvo também a dos outros”.

DESNECESSÁRIO

Vídeo que circulou nas redes sociais neste fim de semana causou estranheza em muita gente. No vídeo, um oficial de justiça dá publicidade a uma diligência processual, criticando o fato de ter ficado esperando pela prefeita Elisa para assinar uma citação como representante legal do Município. Além da deselegância da atitude de um serventuário da Justiça,  o fato abre um precedente perigoso, na medida em que essa prática poderá se tornar rotineira a cada vez que um  oficial de justiça não conseguir cumprir suas tarefas. Bastaria que ele devolvesse o documento ao juiz que o expediu, sem a menor necessidade de fazer alarde. Ao expor a prefeita ou qualquer pessoa dessa forma, em redes sociais, o oficial cometeu um abuso inadmissível. .

 

Até quando as estações tubo do BRT vão ficar lotadas assim, em plena pandemia???


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia