JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 26 de fevereiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Anvisa aprova vacinas contra Covid, mas Uberaba ainda não tem previsão de chegada das doses

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

16/01/2021 - 21:10:44. - Por Lídia Prata Última atualização: 17/01/2021 - 19:37:18.

Atualizada às 19h30 do dia 17 de janeiro de 2021

 

Enfim, temos vacina contra a Covid! Aleluia!!!

Neste domingo, dia histórico para o Brasil, a Anvisa aprovou o uso emergencial de duas vacinas, a CoronaVac e a de Oxford. A vacinação começa em todo o país já nesta quarta-feira, segundo o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Mas a forma como essas vacinas vão chegar aos Estados e aos municípios ainda não está clara. Pelo contrário. 

COMO FICA?

No final da tarde deste domingo, o repórter Eduardo Marins, do JM, questionou a Secretaria de Estado da Saúde sobre o planejamento para a logística de  distribuição das vacinas aos 853 municípios mineiros. A informação obtida é que o estado vai seguir logística semelhante à organizada pelo Programa Nacional de Imunização. “Para garantir os insumos necessários à vacinação de todos os mineiros contra a Covid-19, a SES-MG adquiriu 50 milhões de seringas agulhadas. Assim que o imunizante estiver disponível, Minas também poderá dar início à campanha de vacinação. O governo ainda aguarda o contato do Ministério da Saúde sobre a distribuição das doses ao Estado”. Ou seja, até agora não há qualquer informação concreta sobre a vacinação em Minas, muito menos em Uberaba.

COMO FICA

No início da noite, Alternativa questionou a Prefeitura sobre o plano traçado para a vacinação em Uberaba. Quantas doses virão nessa primeira etapa, como será feito o contato com a população para se vacinar, se haverá postos alternativos para agilizar a vacinação… mas ainda não há nada de concreto sobre essas questões. Talvez nesta segunda-feira o cenário fique mais claro.

ADEUS!

No sábado, Uberaba deu adeus a Tércio Camargos. Neste domingo, a cidade perdeu Mauro Teles, fundador do Frigorífico Boi Bravo, aos 80 anos de idade. 

FISCALIZAÇÃO JÁ!

Usuários do Piscinão recorrem à coluna para pedir “fiscalização já” naquele local. Contam que os frequentadores não usam máscaras, e ultimamente estão se aglomerando para confraternizações noturnas. Pedem a presença dos fiscais de Posturas e da Guarda Municipal por lá, várias vezes, à noite.

ALÔ POSTURAS!

 

Vizinhos já se cansaram de denunciar barzinho que funciona próximo ao antigo campo do Uberaba Sport Club. Contam que o local vive superlotado de clientes, que não usam máscaras, nem são advertidos quanto à necessidade de cumprimento de medidas sanitárias. Um dos leitores que pediu ajuda conta que já reclamou aos donos do barzinho, mas eles nem deram ouvidos. Reclamou na Prefeitura também, porém ouviu resposta desanimadora: não adianta ir lá…

MEDIDAS

Prefeita Elisa voltou às redes sociais neste sábado, para reforçar o apelo à população sobre a necessidade de cumprir as medidas sanitárias. Ressaltando que em 15 dias o número de casos confirmados de Covid-19 em Uberaba subiu 122%, a prefeita mostrou preocupação, mas disse que os índices de ocupação dos leitos hospitalares ainda estão sob controle. “Os números podem piorar, se cada um não fizer sua parte. Se essas medidas sanitárias não forem cumpridas, nós teremos de tomar medidas mais drásticas” - alertou a prefeita. Conforme esta coluna antecipou ontem, Elisa confirmou que o  plano de contingência está sendo revisado e na semana que vem será publicado novo decreto. Porém, dentre as medidas adotadas de imediato, ela destacou o pedido para o aumento do número de ônibus em circulação, a partir de segunda-feira, para evitar aglomerações. 

À ESPERA DA VACINA

Uberaba já recebeu 100 mil seringas. Segundo Elisa, o plano de vacinação contra o coronavírus está sendo elaborado e ficará pronto para ser implementado tão logo as vacinas cheguem. 

À DISPOSIÇÃO

Presidente Angelo Crema está colocando a sede da CDL e o CDL Hall, na Univerdecidade, à disposição da Prefeitura para servirem de postos de vacinação contra a Covid-19.   

CAUTELA E CALDO DE GALINHA...

Assinado por 12 vereadores, o requerimento que pretende a suspensão do contrato entre Município e Funepu para gestão das UPAs tem dividido opiniões. Mas a prefeita Elisa quer estudar melhor o assunto, antes de se posicionar. “Vamos avaliar junto ao secretariado e à nossa equipe técnica jurídica, para entender a demanda e qual a melhor forma de solucionar essa questão. Estamos trabalhando para somar e todos os pedidos que chegam são avaliados com muita cautela e atenção” - diz a prefeita. Na verdade, essa questão não é mesmo simples. O contrato está em vigor e, para ser rompido, precisa de motivo que se enquadre nas cláusulas ensejadoras de rescisão. Ou seja, não basta dizer que o serviço prestado é ruim, ou que falta médico, se essas queixas não configurarem motivo contratual para o rompimento da relação entre as partes.

OLHAR ATENTO

Antes de assumir o cargo, a prefeita Elisa deu entrevista à Rádio JM e um dos temas foi justamente a gestão terceirizada das UPAs. Na época, ela defendeu a necessidade de melhorar a fiscalização dos serviços prestados e equipar as duas unidades com painéis informativos, nos quais a população possa saber quais são os profissionais que compõem a equipe, assim como o horário de trabalho de cada um e a respectiva especialidade. Ou seja, os usuários seriam fiscais também do serviço prestado. 

E DEPOIS?

Quem não se lembra dos problemas enfrentados pelos usuários quando as UPAs eram administradas pela Prefeitura? Sujeira por todo lado (o JM chegou a publicar foto mostrando até urubus no telhado da UPA São Benedito), falta de profissionais, de insumos, medicamentos e de critérios para atendimento aos pacientes. Justiça seja feita: depois que a Funepu assumiu a gestão, a maioria desses problemas acabou ou foi minimizada. Se a prestação de serviços ainda tem falhas, não seria o caso de fazer ajustes no contrato, em vez de defender medida mais radical, como a rescisão do contrato? Além disso, é preciso ponderar sobre as consequências de eventual rompimento, caso ele se confirme. Como o Município vai administrar as UPAs, se tem dificuldade até mesmo para manter médicos nos postos de saúde? Essa é apenas uma das questões a serem previamente estudadas.

O OUTRO LADO DA MOEDA

Esta semana, a Funepu divulgou nota em que diz estar pronta para prestar esclarecimentos. Mas adiantou estar cumprindo as metas de qualidade exigidas no contrato e ter implementado “uma série de melhorias que vão além daquelas previstas no acordo, como a possibilidade de gestores do contrato acompanharem em tempo real o andamento dos atendimentos nas unidades, incluindo o tempo de espera dos pacientes”. No documento, a Funepu destaca, ainda, que pesquisas recentes  indicam grau de satisfação dos usuários em 80%. Frisa que desenvolveu um sistema de Ouvidoria e adotou a tecnologia do QR Code para atestados médicos, de modo a evitar fraudes.  E mais: a cada 3 meses submete sua prestação de contas à Comissão de Avaliação de Contrato, composta pela Secretaria de Saúde e Conselho Municipal de Saúde.

“DENUNCISMO VAZIO”

Para a Funepu, esse requerimento de vereadores que querem tirá-la da gestão das UPAs não passa de “perseguição envolvendo membros da antiga legislatura, mas com participação ativa na atual”. Diz a nota: “A população demonstrou nas urnas a não concordância com denuncismos vazios. A Funepu lamenta que os novos parlamentares, bem intencionados com a população de Uberaba, sejam involuntariamente envolvidos nessa questão, que nada mais tem que um caráter particular e irresponsável”.

MAIS UMA

Juíza Raquel Agreli Melo deu prazo de 24 horas para o ex-vereador Thiago Mariscal remover da sua página no Facebook mais uma  postagem considerada ofensiva ao ex-prefeito Paulo Piau e determinou ainda que ele se abstenha de novas publicações com conteúdo similar, fixando multa diária no valor de R$ 500 em caso de desobediência.  Na véspera do Natal, o então vereador criticou os outdoors espalhados pela cidade com a frase “Obrigado Piau”, emendando que o agradecimento se referia ao “rastro de maldade, corrupção e sangue” por ele deixado nos 8 anos de governo. Piau ingressou em Juízo com ação de reparação de danos (Processo nº 5000514-27.2021.8.13.0701), com pedido de tutela antecipada, que foi acatado pela magistrada em decisão publicada na quinta-feira, dia 14 de janeiro.

TIME EM FORMAÇÃO

Edição do Porta Voz desta sexta-feira veio recheada com mais nomeações para cargos em comissão na Prefeitura. Cargos de secretários adjuntos já estão quase todos preenchidos. Para a pasta do Desenvolvimento Econômico, por exemplo, foi prestigiada a servidora de carreira Cynthia Bessa de Souza, esposa do ex-candidato a prefeito Leandro Souza, o Leandro da Visão. O jovem Pedro Henrique Arduini foi nomeado adjunto da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, enquanto Vinícius Arcanjo da Silva, adjunto do Meio Ambiente, pasta que ainda tem secretário interino. 

LUGAR CERTO

Ex-candidata a vereadora, Elaine Duarte de Freitas acaba de ser nomeada para a chefia do Departamento de Planejamento, Produção e Execução de Eventos do Gabinete da Prefeita. Pessoa certa, no lugar certo. 

JÁ ERA

Nomeado chefe da seção de Prevenção e Combate à Corrupção, da Controladoria Geral da Prefeitura Municipal de Uberaba, o jovem Henrique Sabino El-Armali não esquentou a cadeira. Já foi exonerado, a pedido.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia