JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 06 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

ALTERNATIVA

Eleição tira comunicadores de rádio e TV do ar nesta terça

29/06/2020 - 18:39:40. Última atualização: 29/06/2020 - 18:48:26.

ACABOU! ACABOU!!!
A partir desta terça, todos os comunicadores de rádio e TV que pretendem disputar as eleições deste ano devem se afastar das funções. Comunicado distribuído pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) à tarde alertou os seus associados sobre as penalidades previstas na lei eleitoral em caso de descumprimento. Além de multa para a emissora, o pré-candidato que estiver no ar hoje corre o risco de impugnação e, consequentemente, de ficar fora das eleições.
Embora haja uma proposta para adiamento das eleições e alteração dos prazos em tramitação no Congresso Nacional, o que está prevalecendo atualmente é o calendário da lei eleitoral. Portanto, a partir de hoje todos devem estar fora do ar, sejam locutores, comentaristas, comunicadores de modo geral.

NEM TCHAU
A maioria esmagadora dos profissionais de rádio e TV acreditava que o último dia no exercício das suas funções seria amanhã. Há até quem entenda dessa forma. Mas, ao pé da letra, o texto da lei eleitoral é claro: “a partir de 30 de junho”. Ou seja, no dia 30 de junho já têm de estar fora do ar.
Ao receber o alerta da Abert, o pré-candidato a prefeito Tony Carlos lamentou não ter se despedido dos seus ouvintes ao final do programa de rádio nesta segunda-feira.

VOU NÃO
Disputar a reeleição para vereador está fora de cogitação. É o que garantiu
Kaká Carneiro, em entrevista ao programa O Pingo do Jota desta segunda-feira. “Já dei minha contribuição como legislador” – avaliou Kaká, mesmo quando indagado como ficará sua situação política, caso o Cidadania faça composição com outras siglas de oposição e seu nome não seja indicado nem para cabeça de chapa, nem para vice. Segundo ele, nesta hipótese, ele irá apenas apoiar os escolhidos e dedicar seu tempo aos seus negócios, que são o escritório e a pastelaria no Mercadão.

POLARIZAÇÃO DEFINIDA
Por falar na oposição, deu o que falar a entrevista do pré-candidato a prefeito Antônio Neto, semana passada, ao Pingo do Jota. Isso porque ele disse que, independente do calendário eleitoral, o quadro sucessório está consolidado em Uberaba. Frisou que há uma divisão muito clara entre o que chamou de “a velha política do toma lá dá cá” e “a renovação, com oportunidade para todos, com gestão profissional”. O problema foi que Antônio Neto incluiu no bloco da “velha política” Marcos Montes, Luiz Neto, Paulo Piau, Tony Carlos, Roberto Velludo, Heli Andrade e a turma do MDB. E acusou Velludo de ser a “quarta via” da situação. E que o deputado Heli Grilo está sendo quase que “obrigado” a disputar a eleição para prefeito, depois que a Operação Monturo, da Polícia Federal, tirou do páreo os candidatos do prefeito Paulo Piau. Pra quê!!! Ele armou uma confusão danada com seus adversários.

COMO ASSIM?
O deputado Heli Andrade, o Grilo, foi o primeiro a contestar as afirmações de Antônio Neto, dizendo que não está sendo forçado a nada e que sua pré-candidatura é pra valer. Além disso, frisou que é totalmente a favor de apurar tudo, investigar quem tiver de ser investigado e punir eventuais culpados. “Não compactuo com erros, nem com corrupção. Passei 40 anos da minha vida como policial combatendo a corrupção. Por que mudaria agora? Antônio fala isso porque não conhece a nossa história. Morou fora a vida inteira e ainda mora.” – disparou o deputado delegado. E foi além: “Durante todo o período em que comandei a Regional da Polícia Civil em Araxá e depois em Uberaba, não houve uma única denúncia de corrupção”, conforme apurado pela Corregedoria Geral de Polícia Civil em Minas.

GESTÃO É GESTÃO
Ainda de acordo com o deputado Heli Andrade, gestão é gestão em qualquer área, seja pública ou privada. “Fazer justiça é o que as pessoas querem” – destacou, frisando que, para ele, “gestão pública é administrar para que as pessoas prestem um bom serviço à população. E foi isso o que eu fiz como delegado regional de polícia”.

NA BRONCA
O empresário Roberto Velludo também não gostou das declarações do adversário Antônio Neto, que o considerou “candidato chapa branca”, e “apoiado pelo prefeito”.
Segundo Velludo, “de branca só se for minha ficha, que é limpa”, negando ter o apoio do prefeito ao seu nome. “Não sou 4ª via do governo coisa alguma. Nem me prestaria a esse papel” – frisou.

CADA UM NA SUA
Por outro lado, Roberto Velludo defende que nenhum deputado deixe mandato para disputar nova eleição, como pretende fazer Heli Grilo. “Falo isso por convicção própria, assim como não concordo com reeleição e defendo que prefeitos tenham cinco anos de mandato, em vez de quatro”.

LETRA MORTA
Empresários do segmento de bares e restaurantes não gostaram das normas ditadas pelo novo decreto municipal que permite a reabertura dos estabelecimentos, porém sem venda de bebida alcoólica e com limitação a duas pessoas por mesa, além de outras tantas restrições. Entendem que o decreto não refrescou absolutamente nada para eles. Ao contrário: complicou. E mais, segundo o vice-presidente do Sinhores, que é o sindicato da categoria, as normas publicadas são totalmente diferentes daquela foram propostas e que vinham sendo discutidas por eles com o Comitê Técnico Científico de Enfrentamento ao Coronavírus. O novo decreto gerou um tremendo mal estar entre os empresários desse segmento.

RETOMADA DOS NEGÓCIOS
A Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba - Aciu em parceria com o Sebrae, entidades classistas e a Prefeitura de Uberaba, está pegando firme com o Plano de Retomada dos Negócios. Projeto inclui a prestação de uma consultoria especializada pós-crise do coronavírus aos micro e pequenos empresários, para a retomada de suas atividades com maior eficiência, adaptando-se ao “novo normal”.
“Nós temos buscado uma série de benefícios para nossos associados, a fim de dar-lhes todo o suporte necessário, tanto no enfrentamento à crise já instalada, com acesso a informação, programas de crédito, melhoria nas vendas e etc, como um planejamento maior, pós-crise, onde lançamos agora esse Plano de Retomada dos Negócios, com o propósito de traçar o futuro e buscar novas perspectivas para os empresários”, destaca o presidente da Aciu, Anderson Cadima.

RÁDIO PEÃO EM AÇÃO
Executiva da Band Triângulo, Alessandra Valladares descarta totalmente o fim das atividades da emissora em Uberaba. Ela revela que a Band está projetando um novo prédio, que ficará no mesmo terreno, porém mais moderno e funcional. Parte do imóvel será vendida, mas outra parte será aproveitada para a sede nova. “Seguiremos com a mesma estrutura, porém mais moderna e consequentemente mais barata e eficiente. A concessão da BAND Triângulo é de Uberaba e isso nunca mudará. Portanto, nunca sairemos daqui, porque aqui é a geradora e a nossa matriz” - afiançou Alessandra.
 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia