JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 11 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CHECKLIST MUNDO

Continua depois da publicidade



Pantanal ganha maior aquário de água doce do mundo

Com entrada grátis, o espaço apresenta a biodiversidade pantaneira de uma maneira acessível para os visitantes

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

27/06/2022 - 11:53:21. - Por Gisele Barcelos Última atualização: 27/06/2022 - 11:54:04.

Após 11 anos de obras, Campo Grande abriu as portas do maior aquário de água doce do mundo: o Bioparque Pantanal. O projeto foi lançado em 2011, mas a execução atrasou devido a denúncias de corrupção e só agora foi aberto à população. A entrada será gratuita até o fim deste ano, sendo exigido apenas o agendamento prévio onlone para visitação.

O aquário fica dentro do Parque das Nações Indígenas e abriga cerca de 230 espécies de peixes, sendo 80% deles originários do Pantanal mato-grossense. Como uma das maiores planícies alagáveis do mundo, o bioma abarca uma imensa variedade de fauna e flora, com espécies que existem apenas na região. A proposta do Bioparque é apresentar a biodiversidade pantaneira de uma maneira acessível para os visitantes.

Leia também: Pantanal está entre 23 Patrimônios da Humanidade para conhecer no Brasil

Com 19 mil metros de área construída, o Bioparque Pantanal abriga mais de 220 espécies de animais e foi anunciado pelo governo estadual do Mato Grosso do Sul como o maior aquário de água doce do mundo.

Na área interna, 23 tanques mantêm 151 espécies pantaneiras, outras 55 da Amazônia, 14 africanas, além de espécimes da Europa, Oceania, Ásia e das Américas. Além de peixes, o aquário é lar de jacarés, cobras e outros animais que fazem parte dos escossistemas representados.

Os diversos tanques retratam, individualmente, ambientes harmonizando a fauna e a flora, que transportam o visitante para diferentes paisagens ao redor do Brasil e do mundo.

Ainda completam o circuito outros oito tanques externos, também educacionais, e mais outros dois que servem ao abastecimento e descarte de efluentes, totalizando mais de 6 milhões de metros cúbicos de água.

O local também oferece um museu interativo, que no momento expõe uma mostra itinerante de fósseis da Serra do Araripe. Há também um conjunto de réplicas da megafauna, nome designado aos animais de grande porte que foram extintos. Algumas das peças mais proeminentes são o casco de um ancestral do tatu e o fóssil de uma preguiça gigante, animais que atingiam até três metros de comprimento.

O Bioparque Pantanal abre para o público geral às terças, quintas e aos sábados. Em outros dias da semana, o local recebe escolas, grupos de pesquisa e de organizações da sociedade civil. O acesso ao aquário é gratuito até o final do ano, mas é necessário agendamento prévio pelo site.

As vagas são limitadas e os ingressos para o mês de junho já estão esgotados. O agendamento para julho ainda não foi aberto. As visitas serão guiadas, com cerca de 1h30 de duração, no período da manhã, das 9h às 11h30, e à tarde, das 14h às 17h30.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar