JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 04 de março de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Anatel muda regra para bloqueio de celulares roubados ou perdidos

O objetivo é inviabilizar a utilização do aparelho por outras pessoas, o que pode evitar futuros roubos, já que não será possível usá-lo

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

- Por Thassiana Macedo Última atualização: 05/05/2010 - 09:52:07.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mudou as regras para bloquear a linha de um telefone celular roubado ou perdido. O procedimento vai ser mais fácil. Além deste, há outro tipo, também muito importante, mas que ainda é desconhecido da maioria das pessoas, o bloqueio do aparelho. Agora as operadoras de celular têm um prazo para se adequar ao novo procedimento.

Em caso de celular roubado ou perdido as pessoas deveriam procurar um representante da operadora de telefonia móvel local e apresentar o Boletim de Ocorrência (BO) que provasse o problema. Segundo a assessoria de imprensa da CTBC, haverá uma validação positiva do cliente, para que a solicitação possa ser atendida. Segundo a Anatel, o BO será substituído por um termo de responsabilidade assinado por ele na loja. Para isso, é preciso saber o Imei, um número de série que aparece registrado no aparelho, na parte onde se encaixa a bateria, e na nota fiscal, e informá-lo à operadora. Na CTBC, o isso começa a valer dia 31.

Até novembro de 2009 constava no Cadastro de Estações Móveis Impedidas (Cemi), cerca de 856.150 registros de bloqueio de aparelhos. O comandante da Polícia Militar, tenente-coronel Lunardi, recomenda que as pessoas continuem a fazer o BO em caso de roubo ou furto para que a polícia possa mensurar as ocorrências e combater quem comete esse tipo de delito. “Inclusive teremos uma reunião hoje, às 9h, com a CTBC, para a implantação do Projeto Celular Seguro. Uma parceria entre a PM e as operadoras, onde vamos cadastrar todas as pessoas que tiveram os celulares roubados. Se eu localizar um celular roubado e o seu receptador, com o Imei eu saberei a quem pertenceu esse celular e de que forma ele foi roubado”, explica o comandante.

Também é possível conferir o Imei ao digitar *#06#. Bloqueado, o aparelho não completa mais as ligações. O objetivo é inviabilizar a utilização do aparelho por outras pessoas, o que pode evitar futuros roubos, já que não será possível usar esse celular com outro chip.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia