JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 25 de setembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Seis razões para programar um intercâmbio para a Irlanda agora

Com desemprego em alta, morar no exterior se apresenta como uma alternativa interessante para jovens ressignificarem a vida profissional

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

29/07/2021 - 00:00:00.

Foto/Reprodução
 
 
As dificuldades econômicas ampliadas pela pandemia estão levando muitos brasileiros a repensarem suas vidas e buscarem caminhos reais para transformar totalmente aquilo que vinham fazendo. Dentro deste contexto, colocar em prática o sonho de estudar inglês em outro país passou a ser uma das opções.
 
"Pessoas que perderam seus empregos no Brasil passaram a enxergar o intercâmbio como uma oportunidade para incrementar seus currículos; outros, querem mudar seus rumos e ter a experiência de viver em outro país por um tempo mais longo", explica Laura Reis, líder de marketing e vendas da Icot College, escola de inglês voltada para intercambistas com campus em Dublin e Cork, na Irlanda. A escola reúne alunos de diversos países, como Brasil, Turquia, Rússia, Coreia, Argentina, Chile, Colômbia e Venezuela, entre outros.
 
Segundo ela, mesmo durante a pandemia, o país continua sendo um dos destinos mais procurados por quem deseja programar uma imersão no inglês. "A maioria que nos procura busca atingir níveis mais avançados no idioma para obter certificados, como Ielts, com objetivo de atuar em grandes empresas, seja no Brasil ou na Irlanda", diz a executiva.
 
Laura lembra que a Irlanda teve um dos mais rígidos lock down da Europa. Desde abril do ano passado, a Icot College mantém suas aulas online e deve reabrir dentro de dois meses.
 
Ele listou abaixo seis boas razões para programar agora um intercâmbio para a Irlanda, visando a reabertura em setembro. Confira:
 
1 - Melhores condições para pagamento
Muitas escolas estão oferecendo bolsas de estudo que realmente valem a pena neste período de aulas online. É o caso da Icot College, que vai sortear 20 bolsas de 50% entre os alunos que realizarem suas matrículas e pagarem a primeira parcela do curso, equivalente a 350 €. Além disso, a escola também vai presentear os alunos com um curso de segurança do trabalho para ajudar na formação dos estudantes, que muitas vezes ingressam na Irlanda sem experiência nenhuma em atividades operacionais e encontram dificuldades em desempenhar estas funções. "Esta é uma estratégia para facilitar a obtenção de um primeiro emprego no país", explica Laura.
 
2 - Irlanda é um dos países com vacinação mais avançada
Para se ter uma ideia do ritmo de imunização, o programa regular de vacinação Irlanda já está imunizando pessoas acima dos 30 anos, e a população de 18 anos aos 34 anos também já pode se vacinar em farmácias, com a dose única do laboratório Janssen.
 
A porcentagem de pessoas que receberam pelo menos uma dose da vacina em terras irlandesas está em cerca de 68%, enquanto mais de 44% dos adultos no país já estão imunizados contra a Covid-19. Este percentual é maior do que a média da União Europeia, já que o bloco registra 60,6% dos adultos vacinados com a primeira dose e 38,9% completamente imunizados.
 
3 - País possui excelentes oportunidades de trabalho
Empresas como Google, Facebook e Apple já possuem filiais em Dublin, enquanto a Amazon deve abrir uma sede por lá em breve. Áreas como Tecnologia da Informação, Marketing Digital, Engenharia e Enfermagem são bastante promissoras, mas para aproveitar as vagas é preciso ter nível avançado de inglês. "Por isso, vale a pena investir em um bom curso, mesmo que você já fale o idioma razoavelmente. Afinal, estes postos de trabalho exigem que sua comunicação seja realmente clara e fluente", esclarece Laura.
 
4 - Possibilidade de trabalhar durante o curso
Na Irlanda, o estudante pode trabalhar em período integral durante as férias, e meio período durante o período de aulas. Isso ajuda o aluno a arcar com as despesas de estar em um país estrangeiro. Algumas escolas, como a Icot, oferecem férias flexíveis, ou seja, é possível tirar os dias de descanso conforme a necessidade. "São seis meses de aulas e dois de férias, que podem ser tirados como o estudante preferir. Isso facilita muito a decisão do aluno sobre trabalho e também sobre eventuais viagens", diz a executiva.
 
5 - Proximidade da Irlanda para outros países
Inglaterra, Escócia, Bélgica e França são alguns países que ficam muito próximos da Irlanda. Com a ajuda das companhias aéreas chamadas low coast, ou seja, de baixo custo, é possível aproveitar promoções de voos bem acessíveis para conhecer qualquer um desses países em apenas um fim de semana. É uma razão e tanto, não é mesmo?
 
6 - Diversidade cultural na capital irlandesa
Cosmopolita, Dublin é conhecida por receber intercambistas e visitantes do mundo inteiro. Há uma grande variedade de restaurantes, com opções de diversos países, do francês ao indiano. Além disso, assim como o brasileiro, o povo irlandês é adepto da cerveja e dos barzinhos - os famosos pubs. Sem falar na mensagem de respeito às diferenças que Dublin e Cork trazem consigo ao serem completamente amigáveis com os diferentes sotaques que passam por lá. "Em nossa escola, temos professores nativos e também de outras nacionalidades. O país é muito aberto aos estudantes e costuma recebê-los muito bem".
 
A Icot College é conhecida ainda por prestar assistência ao aluno durante o fluxo completo de intercâmbio, garantindo apoio desde a contratação do curso até a escolha da acomodação. "Realizamos um trabalho de pré-embarque, orientando o estudante sobre documentação, questões financeiras, possibilidades de trabalho e muito mais", conta Laura. Além disso, ao longo do curso, a escola promove viagens, passeios a museus e outras atividades in loco junto com professores para que o ensino se torne ainda mais produtivo. "Nosso objetivo é que o aluno aproveite ao máximo a cultura local, por meio de uma relação de parceria com a escola", finaliza a executiva.
 
Ela convida a todos os interessados a participar do Icot Summer Festival, evento online a ser realizado no dia 14 de agosto pelo YouTube da escola para apresentar diversidade cultural dos países que mais reúnem alunos na Icot - Turquia, Brasil e demais países da América Latina. A live terá palcos com comidas típicas e outras atividades que poderão ser acompanhadas pela Internet.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia