JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 29 de julho de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Mais 841.960 doses de vacinas contra COVID-19 chegam a Minas Gerais hoje

Brasil pode receber cerca de 23 milhões de doses até o fim de julho, porém, nenhuma da Janssen

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

20/07/2021 - 14:38:49.

Um novo lote de vacinas chega a Minas Gerais nesta terça-feira (20). Cerca de 841.960 doses de imunizantes chegarão no 31º lote de vacinas contra a COVID-19 disponibilizado pelo Ministério da Saúde. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), a remessa será destinada à imunização de 70% por faixa etária e 30% para a segunda dose dos grupos prioritários. 

Serão distribuídas 102.800 doses da AstraZeneca que chegaram pela manhã no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins. Já no período da tarde desta terça, está prevista a chegada de 120.510 doses do imunizante da Pfizer e mais 447.250 doses também da vacina britânica, só que por via terrestre, na Central Estadual de Rede de Frio, no Bairro Gameleira, a partir das 17h. Além disso, na noite desta segunda-feira (19), também chegaram em território mineiro 171.400 doses da CoronaVac. 

Todas as vacinas que chegam por via aérea são encaminhadas para a Rede de Frio, para, então, serem distribuídas às 28 Unidades Regionais de Saúde (URSs), que encaminham as injeções aos municípios.

Segundo o governo de Minas, a logística de distribuição para cada cidade mineira será divulgada em breve. 

Dados do vacinômetro do estado informam que, de janeiro até agora, Minas teve um total de 8.890.403 de aplicações de primeira dose e 3.005.230 aplicações de segunda dose dos imunizantes. Outras 288.546 receberam a dose única da Janssen. 

Brasil

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, há previsão, atualizada no último dia 14 de julho, de que o Brasil receba, ainda neste mês, pelo menos 23 milhões de vacinas contra a Covid-19 de diferentes imunizantes. Com exceção da Janssen, que só deve voltar a chegar ao país em setembro, via contratual. 

Segundo o ministério, “o ritmo acelerado da vacinação no país é reflexo dos esforços da pasta no combate à pandemia, da antecipação de mais de 16 milhões de vacinas Covid-19 que chegariam no segundo semestre e do diálogo constante com os laboratórios", informou. Em nota, o ministério ainda afirma que, em julho, as entregas devem totalizar mais de 40 milhões de doses, ampliando ainda mais a campanha.

Devem chegar cerca de 13 milhões de doses da Pfizer, no Brasil, até o mês de agosto. O contrato para julho previa a entrega de 14.386.3203 de doses. Até o momento, apenas cerca de 1,5 milhões de doses foram entregues (em 7 e 14 de julho). Na segunda-feira, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou que 6,2 milhões de doses vão chegar ainda nesta semana ao país. A Pfizer, por sua vez, detalhou que, até 1 de agosto, entregará ao Ministério da Saúde 13.265.460 milhões de doses da vacina ComiRNAty, contra a Covid-19, produzida em parceria com a BioNTech. Estas doses devem desembarcar no aeroporto de Viracopos, em Campinas, no total de 13 voos vindos de Miami, nos Estados Unidos, entre os dias 20 de julho e 1⁰ de agosto, de acordo com a nota feita pela companhia. O primeiro voo desse repasse já chega nesta quarta-feira, com 1.053.000 de doses.

Referente a CoronaVac, para este mês, a projeção é da entrega total de 10 milhões de doses. O Butantan retomou entregas ao Ministério da Saúde na última quarta-feira (14), quando liberou 800 mil doses. Na quinta (15), 200 mil outras vacinas foram entregues, e na sexta-feira (16), mais 1 milhão. E, na segunda-feira, mais 1 milhão de doses. Ou seja, entre quarta e ontem foram 3 milhões de doses - ainda faltam 7 milhões a serem produzidas a partir dos 6 mil litros de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) recebidos no dia 26 de junho. 

Já as doses de AstraZeneca tinha a previsão de entregar de 12.008.900 de doses, mas a maioria já foi liberada, como nas remessas da última sexta-feira (4,5 milhões) e da semana anterior (4 milhões). A Fiocruz não informou se vai seguir distribuindo o mesmo quantitativo até o fim do mês, mas havia garantido repasses de doses ao governo federal até o dia 23 de julho. Via Covax Facility, iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) que visa a distribuição de vacinas contra a Covid-19 para países de renda baixa, estavam previstas a chegada de 4 milhões de doses em julho mas, até o momento, apenas um voo com 1 milhão de doses chegou ao país no último dia 15. O próximo está previsto para chegar nesta quarta-feira (21) também com 1 milhão de doses.

*Com informações do Estado de Minas e O Tempo

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia