JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 10 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Vai limpar casa? Veja como utilizar água sanitária da forma correta

A desinfecção de ambientes para combater o coronavírus pode ser feita com água sanitária, mas alguns cuidados devem ser tomados

30/05/2020 - 00:00:00.

A pandemia do novo coronavírus gera diversas mudanças comportamentais, a higienização de mãos, objetos e espaços está recebendo mais atenção. Muito se fala sobre o álcool em gel, mas há um outro produto capaz de auxiliar no combate à Covid-19; a água sanitária. Porém, o produto químico deve ser sempre diluído em água, em proporções diferentes para cada finalidade.  

O Conselho Federal de Química (CFQ) desenvolveu a cartilha “Perguntas e Respostas – Água Sanitária”, que traz informações importantes e ensina como utilizar a solução caseira corretamente. 

A água sanitária é capaz de limpar superfícies e lavar pisos. Também mostrou as diferenças da desinfecção química nas casas onde não há pessoas doentes e naquelas em que existem moradores infectados. Outro ponto fundamental da cartilha é a explicação de que a água sanitária sozinha não mata o vírus e o efeito germicida só acontece quando diluída em água. 

“Procuramos levar esse material à população porque nesse momento as pessoas estão muito sensíveis, em busca de algo que as proteja. Então, é fundamental a sociedade estar bem informada. Na visão do leigo, a água sanitária pura seria mais eficaz do que diluída em água, mas não é isso que acontece. E a água sanitária em alta concentração pode causar danos à pele”, afirma o engenheiro químico Wagner Contrera, um dos representantes de São Paulo no Conselho Federal de Química e chefe do serviço de fiscalização do Conselho Regional de Química da 4ª Região.

Contrera também destaca o consumidor deve adquirir o produto no comércio regular. As empresas que vendem em supermercado industrializam os produtos obedecendo a normas específicas, boas práticas de fabricação, são regularizadas nos órgãos sanitários e têm responsável técnico.

Responsável pela produção da cartilha, a coordenadora técnica da Secretaria Técnico Operacional de Química (Setop-Quim) do CFQ, Gabriela Valença, lembra que o uso da água sanitária se intensificou quando houve escassez do álcool 70%:

“Praticamente todas as casas possuem água sanitária, mas a gente precisava orientar, porque normalmente o uso é feito sem medir as quantidades para diluição e às vezes acontecem acidentes. A intenção era orientar e também tentar desfazer informações erradas.”

Para manipular a água sanitária deve ser evitado o contato deste produto com a pele, olhos e mucosas. É importante se proteger com EPIs (equipamentos de proteção individual). Evite misturar água sanitária com outros produtos de limpeza, até mesmo o sabão.

Quimicamente, a água sanitária é uma solução de hipoclorito de sódio (NaClO), em concentrações que variam de 2.0% a 2.5%. Entretanto, a substância responsável por agir eficazmente contra os microrganismos patogênicos é o ácido hipocloroso (HClO), que é formado na solução quando a água sanitária é diluída em água.

Veja como usar:

Higiene das mãos e descontaminação de superfícies 

Para a Higiene das mãos (quando não houver água e sabonete ou álcool) e descontaminação de superfícies como mesas, cadeiras, maçanetas, chaves, brinquedos, embalagens, a concentração é de 0,05%. Para preparar é preciso: Numa garrafa com capacidade para 1 litro adicione um pouco de água; separe 25 ml de água sanitária e acrescente; na sequência, complete o volume da garrafa com mais água e agite para homogeneizar.

Desinfecção de banheiros, pisos e solas de calçados

Em casos onde não existem casos confirmados ou suspeitos de Covid-19 a desinfecção de banheiros, pisos e solas de calçados deve ser feita em concentração 0,1%. Numa garrafa com capacidade para 1 litro adicione um pouco de água; separe 50 ml de água sanitária e acrescente; na sequência, complete o volume da garrafa com mais água e agite.

Desinfecção de ambientes com Covid-19

Nos lugares onde existem pessoas com suspeita ou confirmação da Covid-19 a concentração recomendada é 0,5%. Numa garrafa com capacidade para 1 litro adicione um pouco de água; separe 250 ml de água sanitária e acrescente; na sequência, complete o volume da garrafa com mais água e agite.

Para mais informações, acesse aqui a cartilha completa

 

O CFQ também produziu vídeos que podem ser conferidos aqui e aqui. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia